...

R$ 30,00

PRODUÇÃO DE MUDAS DE EUCALIPTO

Comprar

Descrição

A implantação de florestas produtivas depende, dentre outros fatores, da utilização de mudas de qualidade genética e fisiológica, o que proporciona maiores índices de sobrevivência no plantio, resistência a estresses ambientais e crescimento inicial, resultando em ganhos na produtividade.

As técnicas de produção de mudas a serem adotadas devem atender às necessidades de cada produtor, em termos de disponibilidade e localização da área do viveiro, da quantidade de mudas a serem produzidas, grau de tecnologia e dos recursos financeiros disponíveis.

Independente do método utilizado para produção de mudas de eucalipto de qualidade, existe uma série de fatores e etapas que determinam o seu sucesso. Em vista da importância destes, foi elaborado o presente material que visa descrever de forma simples e prática os principais fatores e etapas envolvidas neste processo.

Esta publicação visa descrever os principais fatores e etapas envolvidas nos processos de produção de mudas de eucalipto (produção sexuada e assexuada), dando enfoque à qualidade genética, fisiológica e sanitária, com o objetivo de obter maiores índices de sobrevivência no plantio, resistência a estresses ambientais e crescimento inicial, resultando em ganhos na produtividade e qualidade da floresta.

Capítulo 1 - Produção de mudas de eucalipto por sementes.
1 A importância da semente florestal – 1 3
2 Substratos – 13
2.1 Propriedades físicas e químicas – 1 5
2.2 Misturas – 17
2.3 Procedimentos de preparo – 18
2.4 Desinfestação do substrato – 20
3 Recipientes – 23
3.1 Enchimento de recipientes – 26
4 Sistemas e técnicas de irrigação – 28
4.1 Qualidade e disponibilidade de água – 29
5 Etapas de formação das mudas – 31
5.1 Etapa da semeadura – 31
5.1.1 Preparo e semeadura – 31
5.1.2 Sombreamento – 34
5.1.3 Repicagem – 35
5.1.4 Irrigação durante a fase de semeadura – 36
5.1.5 Adubação de base – 36
5.2 Etapa de crescimento – 37
5.2.1 Densidade de mudas – 37
5.2.2 Irrigação durante a fase de crescimento – 37
5.2.3 Adubação de crescimento – 37
5.2.4 Padronização das mudas – 40
5.3 Etapa de rustificação – 40
5.3.1 Irrigação de rustificação – 40
5.3.2 Adubação de rustificação – 40
5.3.3. Padronização das mudas – 41
6 Controle fitossanitário – 42
7 Geadas – 43
8 Expedição das mudas – 44
Referências – 45
Literatura recomendada – 46

Capítulo 2 Produção de mudas de eucalipto por estaquia e miniestaquia
1 Estaquia – 49
1.1 Passos para a produção de mudas de eucalipto por estaquia – 49
1.1.1 Seleção da planta matriz – 49
1.1.2 Resgate da planta matriz – 50
1.1.3 Coleta das brotações – 52
1.1.4 Preparo das estacas – 54
1.1.5 Desinfestação das estacas e equipamentos – 55
1.1.6 Substratos para estaquia – 56
1.1.7 Recipientes para enraizamento – 57
1.1.8 Aplicação de fitorreguladores – 58
1.1.9 Introdução das estacas no substrato – 61
1.1.10 Instalações necessárias – 61
1.1.11 Adubação – 65
1.1.12 Seleção e padronização das mudas – 67
1.1.13 Expedição das mudas – 68
1.1.14 Fluxograma geral da técnica de estaquia de eucalipto – 68
1.2 Vantagens da estaquia em relação à produção sexuada – 68
1.3 Desvantagens da estaquia em relação à produção sexuada – 68
2 Miniestaquia – 70
2.1 O processo de miniestaquia – 70
2.2 Fluxograma geral da técnica de miniestaquia de eucalipto – 72
2.3 Vantagens da miniestaquia em relação à estaquia – 74
2.4 Desvantagens da miniestaquia em relação à estaquia – 74
Referências – 74
Literatura recomendada – 75

Capítulo 3 Micropropagação e microestaquia de eucalipto
1 Micropropagação – 77
1.1 Etapas da micropropagação de eucalipto – 80
1.1.1 Desinfestação e estabelecimento – 85
1.1.2 Multiplicação – 88
1.1.3 Alongamento – 91
1.1.4 Enraizamento – 92
1.1.5 Aclimatização – 93
1.2 Outras técnicas de micropropagação de eucalipto – 94
2 Microestaquia – 94
2.1 O processo de microestaquia em eucalipto – 95
3 Vantagens e desvantagens da micropropagação e microestaquia em relação a outras técnicas de propagação vegetativa – 95
3.1 Vantagens – 95
3.2 Desvantagens – 96
4 Micropropagação convencional e fotoautotrófica – 97
5 Biorreatores – 99
6 Transformação genética – 101
Literatura recomendada – 103

Capítulo 4 Principais doenças em viveiros de eucalipto
1 Tombamento de mudas – 107
2 Podridão de estacas e mini estacas – 111
3 Canela preta – 113
4 Mofo cinzento – 114
5 Mancha de Cylindrocladium – 116
6 Ferrugem – 118
7 Oídio – 119
8 Mancha de Kirramyces – 121
8.1 Mancha foliar bacteriana – 122
Referências – 122
Literatura recomendada – 122

Capítulo 5 Pragas em viveiro de eucalipto
1 Psilídeos das ponteiras do eucalipto – 125
1.1 Ctenarytaina eucalypti – 126
1.2 Blastopsylla occidentalis – 131
2 Mosca-branca – aleirodideos – 136
3 Pulgão – 141
4 Cochonilhas – 143
5 Vespa-da-galha – 147
6 Moscas de viveiro – 150
6.1 Família Sciaridae – 151
6.1.1 Bradysia – 153
7 Lagarta-rosca – 158
7.1 Nomophila sp – 158
7.2 Agrotis ipsion – 160
8 Grilo – 163
9 Paquinha – 165
10 Ácaros – 167
Referências – 173
Glossário – 184


Editores: Ivar Wendling e Leonardo Ferreira Dutra
Ano: 2017
Número de Páginas: 192
Tamanho: 17 x 23 cm
Editora: Embrapa
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-7035-663-5


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados