...

50 R$ 42,50

PRODUÇÃO INTEGRADA DA BATATA Vol. 2

Comprar

Descrição

O país vive um momento extremamente favorável no que se refere a produção e oferta de alimentos. Ao mesmo tempo, as cadeias produtivas agropecuárias buscam qualificar os seus produtos, fato que pode representar o diferencial competitivo do Brasil frente as constantes barreiras, impostas pelos nossos principais clientes e a garantia da oferta de alimentos com qualidade, saudáveis e seguros para a sociedade brasileira. Competitividade no agronegócio requer base tecnológica sustentável, que permita a geração de produtos com preços acessíveis, para a conquista cada vez maior de consumidores que demandam segurança alimentar. As palavras de ordem no momento são sustentabilidade e rastreabilidade, que devem ser praticadas sob o ponto de vista ambiental, social e economico. A medida que os consumidores em nível mundial se conscientizam dos seus direitos, tornam mais exigentes quanto a qualidade, segurança do alimento e respeito ao meio ambiente. Dessa maneira os produtores e as agroindústrias sentir-se-ão mais pressionados a se ajustarem a essas prerrogativas de mercado como condição sine qua non para sua sobrevivência. A tendencia é que os consumidores se tornem mais exigentes a cada ano e que induzam o setor produtivo as adequações necessárias para se tornar mais competitivo. Para atender a esses cenários, atual e futuro é que o Sistema Agropecuário de Produção Integrada (SAPI) mostra-se cada vez mais presente, ampliando seus horizontes e proporcionando condições de apoiar a transformação da produção convencional em tecnológica, sustentável, rastreável e certificada - opções que propiciam maior agregação de valor ao produto final e que atendem as exigências de mercados. A Produção Integrada dessa forma constitui-se numa evolução dos regulamentos públicos tradicionais em direção a normalização e certificação de processos produtivos seguros e sustentáveis. O SAPI iniciou com a Produção Integrada de Frutas (PIF) em 2001 por exigencia dos consumidores e dos supermercados da Comunidade Economica Européia. Esse foi o desafio colocado pelos mercados mais exigentes, condição para a continuidade das importações de frutas, principalmente de maçãs brasileiras, garantindo - uma certificação oficial - o cumprimento de todos os requisitos preestabelecidos, permitindo-nos conquistar novos mercados e, ao mesmo tempo, manter os clientes tradicionais. A Produção Integrada hoje constitui num grande avanço tecnológico sustentável, disponibilizado e articulado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o CNPq, Inmetro, Embrapa, universidades, instituições estaduais de pesquisa agropecuária e extensão, associações e cooperativas de produtores, instituições de apoio ao setor agropecuário, pela iniciativa privada e fornecedores de insumos agrícolas. O sucesso alcançado pela PIF foi estendido a outros projetos, que se encontra em andamento dentro do mesmo modelo, e com procedimentos semelhantes, como a da batata cujas normas já estão em fase de publicação pelo Mapa.
Esse livro foi dividido em capítulos, que contém os resultados obtidos pelos integrantes do projeto da Produção Integrada da batata (PIB) do Estado de Minas Gerais. Além disso, essa obra trás também a norma e a lista de conformidade da PIB. Por tanto, esta publicação representa um esforço do Mapa, CNPq, FAPEMIG, EMATER, EPAMIG, IMA, ABASMIG, CEASAMINAS, MULTIPLANTA e dos produtores e técnicos em geral em prol da sustentabilidade da agropecuária brasileira, visando melhorar a competitividade do agronegócio batata.

CAPÍTULO 1
Controle Integrado das Doenças Bacterianas da Batata – 11

CAPÍTULO 2
Doenças Causadas por Vírus em Batata (Solanum tuberosum) – 53

CAPÍTULO 3
Manejo Integrado de Nematóides em Cultivos de Batata – 69

CAPÍTULO 4
Manejo Integrado de Pragas na Produção Integrada da Batata – 95

CAPÍTULO 5
Manejo da Traça-da-batata, Phthorimaea operculella (lepidoptera: Gelechiidae): Importante Praga dessa Cultura – 137

CAPÍTULO 6
Lagarta Falsa-medideira da Soja: Nova Praga na Cultura da Batata – 151

CAPÍTULO 7
Manejo da irrigação da batata – 163

CAPÍTULO 8
Fisiologia da Batata – 193

CAPÍTULO 9
Pós-colheita dos tubérculos de Batata – 215

CAPÍTULO 10
Classificação, embalagem e rotulagem de batata para consumo – 241

CAPÍTULO 11
Tecnologias de Processamento de Batata – 269

CAPÍTULO 12
Processamento Mínimo de Mini Batatas e Batatas Palito – 289

CAPÍTULO 13
Avaliação da Aceitação Sensorial e da Intenção de Compra de Batatas das Cultivares Francesas – 309

CAPÍTULO 14
Ecotoxicologia de Inseticidas na Cultura da Batata – 341

CAPÍTULO 15
Aspectos Legais da Produção, Comercialização e do Uso de Batata-semente no Brasil – 383

CAPÍTULO 16
Avaliação do Mercado e Caracterização Qualitativa de Batatas – 391

CAPÍTULO 17
Tratamento e Destinação Final de Águas Residuárias do Processamento Pós-colheita da Batata – 415

CAPÍTULO 18
Poster – 465

Editor: Laércio Zambolim
Ano: 2011
Número de Páginas: 510
Tamanho: 16 x 22,5 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-60027-30-9


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados