...

R$ 70,00

TRATADO DE FRUTICULTURA

Comprar

Descrição

Este é um tratado de assuntos da fruticultura tropical e subtropical. Para atingir os objetivos, recorremos a dezenas de centenas de trabalhos da literatura especializada, nacional e estrangeira.

É um tratado de atualidade científica, de abrangência mundial no campo da fruticultura, exposta de maneira a racionalizar a unificação de estudos específicos, considerações e preceituações originais, enquadrando a parte prática de maneira ordenada, necessária à compreensão geral de princípios e de conceitos.

Para facilitar seu manuseio, dividimo-lo em duas partes, geral e especial.

Na parte geral reunimos o que se reporta a:
1) importância econômica, social e nutricional dos frutos;
2) condições ecológicas;
3) propagação e considerações de ordem biológica, fisiológica e biotecnológica;
4) estudo de porta-enxertos, poda, fisiologia e biologia da frutificação e formação de pomares.

A parte especial envolve o estudo das principais espécies de valor econômico, sua propagação, tratos culturais, colheita, conservação, valor alimentar e econômico.

Este tratado tem por objetivo levar aos alunos de agronomia, aos colegas engenheiros agrônomos, aos fruticultores e aos amantes da agricultura assuntos de real interesse, numa linguagem técnica e objetiva.

Esperamos obter da parte dos especialistas o julgamento de que nosso trabalho é apenas a tentativa de iniciar a reunião de conceitos universais atualizados sobre a fruticultura, a fim de que seja de alguma utilidade como livro de formação, informação e consulta, pois aborda desde a origem das espécies até a colheita e sua comercialização.

Prefácio – 35

Primeira Parte - FRUTICULTURA GERAL

Capítulo 1 - INTRODUÇÃO – 39
1.1. Definição – 39
1.2. Importância da fruticultura – 39
1.2.1. Importância econômica – 40
1.2.2. Valor social – 43
1.2.3. Valor alimentar dos frutos – 43
1.3. Fatores ecológicos – 46
1.3.1. Fatores edáficos – 48
1.3.2. Fatores climáticos – 56
1.3.3. Divisão das plantas frutíferas quanto ao clima – 64

Capítulo 2 - PROPAGAÇÃO DAS ÁRVORES FRUTÍFERAS – 67
2.1. Propagação por semente – 68
2.1.1. Emprego de sementes – 68
2.1.2. Escolha das matrizes – 73
2.1.3. Escolha dos frutos – 74
2.1.4. Escolha das sementes – 74
2.1.5. Preparo das sementes – 75
2.1.6. Conservação das sementes – 76
2.1.7. Germinação das sementes – 77
2.1.8. Vantagens e desvantagens das plantas obtidas de sementes – 81
2.2. Propagação vegetativa – 81
2.2.1. Processos de propagação vegetativa – 89
2.2.1.1. Estaquia – 90
2.2.1.2. Mergulhia – 95
2.2.1.3. Enxertia – 100
2.2.1.4. Biotecnologia – 117

Capítulo 3 - VIVEIROS – 123
3.1. Escolha da região – 123
3.1.1. Condições climáticas – 124
3.1.2. Condições edáficas – 124
3.1.3. Fatores socioeconômicos – 126
3.2. Localização e planejamento – 126
3.3. Organização e administração – 127
3.3.1. Estufas – 127
3.3.2. Mudas certificadas – 128
3.4. Formação de mudas – 128
3.4.1. Sementes – 128
3.4.2. Estacas – 131
3.5. Enxertia – 132
3.5.1. Idade – 132
3.5.2. Época – 132
3.5.3. Tipo de enxerto – 132
3.5.4. Região da enxertia – 133
3.6. Condução da muda – 133
3.7. Transplantação – 135
3.7.1. Época – 135
3.7.2. Desplantação – 136
3.7.3. Vantagens e desvantagens do tipo de muda – 138
3.7.4. Vantagens do uso de viveiros – 140

Capítulo 4 - PORTA-ENXERTOS – 141
4.1. Introdução – 141
4.2. Escolha do porta-enxerto – 142
4.3. Custo da muda enxertada – 142
4.4. Influências climáticas – 144
4.5. Condições edáficas – 145
4.6. Fisiologia – 146
4.7. Afinidade – 147
4.8. Influência recíproca – 148
4.8.1. Ação da copa sobre o porta-enxerto – 148
4.8.2. Ação do porta-enxerto sobre a copa – 149

Capítulo 5 - FRUTIFICAÇÃO – 155
5.1. Fatores internos que afetam a frutificação – 155
5.1.1. Evolução – 156
5.1.2. Genéticos – 165
5.1.3. Fisiológicos – 167
5.2. Improdutividade associada a fatores externos – 170
5.2.1. Nutrientes do solo – 171
5.2.2. Enxertia – 171
5.2.3. Poda – 172
5.2.4. Localidade – 172
5.2.5. Época – 173
5.2.6. Idade e vigor da planta – 173
5.2.7. Fatores climáticos – 174
5.2.8. Doenças e pragas – 178

Capítulo 6 - PODA DAS PLANTAS FRUTÍFERAS – 181
6.1. Princípios fisiológicos – 182
6.2. Gemas e Ramos – 183
6.3. Poda – 185
6.3.1. Poda de formação – 186
6.3.2. Poda de frutificação – 194

Capítulo 7 - FORMAÇÃO DO POMAR – 199
7.1. Solo – 200
7.2. Comercialização – 201
7.3. Clima – 201
7.4. Plantação – 202
7.4.1. Alinhamento – 202
7.4.2. Espaçamento – 204
7.4.3. Coveamento – 207
7.4.4. Tipos de mudas – 209
7.4.5. Plantio – 212

Segunda Parte - FRUTICULTURA ESPECIAL

Capítulo 1 - ABACATEIRO – 219
1.1. Histórico – 219
1.2. Botânica – 219
1.2.1. Biologia da flor – 221
1.3. Variedades – 223
1.4. Clima e solos – 228
1.5. Propagação e formação – 229
1.5.1. Sementes – 229
1.5.2. Enxertia – 230
1.5.3. Formação do pomar – 232
1.6. Tratos culturais e adubação – 233
1.6.1. Poda – 234
1.6.2. Adubação – 234
1.6.3. Controle das ervas daninhas – 235
1.7. Doenças e pragas – 236
1.8. Colheita, comercialização e utilização – 240
1.8.1. Ponto de colheita – 240
1.8.2. Embalagem e comercialização – 242
1.8.3. Conservação dos frutos – 242
1.8.4. Valor alimentar - Utilização – 243
1.8.5. Rendimento – 244
1.8.6. Produção mundial – 244
1.8.7. Áreas econômicas brasileiras – 245

Capítulo 2 - ABACAXIZEIRO – 249
2.1. Histórico – 249
2.2. Botânica – 249
2.2.1. Botânica sistemática – 249
2.2.2. Botânica descritiva – 250
2.3. Variedades – 253
2.3.1. Variedades cultivadas – 253
2.3.2. Variedades promissoras – 256
2.4. Clima e solo – 257
2.5. Formação e propagação – 260
2.5.1. Preparo do solo – 260
2.5.2. Espaçamento – 261
2.5.3. Propagação – 263
2.5.4. Época de plantio – 267
2.6. Tratos culturais e adubação – 268
2.6.1. Adubação – 269
2.6.2. Deficiências – 271
2.6.3. Hormônios – 272
2.7. Doenças e pragas – 275
2.8. Colheita, comercialização e utilização – 281
2.8.1. Produção de abacaxi – 282

Capítulo 3 - AMEIXEIRA – 289
3.1. Histórico – 289
3.2. Botânica – 290
3.2.1. Biologia – 291
3.2.2. Variedades – 293
3.3. Clima e solo – 295
3.4. Propagação e formação – 296
3.4.1. Semeadura – 297
3.4.2. Plantio – 297
3.5. Tratos culturais – 298
3.5.1. Cobertura morta – 298
3.5.2. Tutoragem – 298
3.5.3. Poda – 298
3.5.4. Adubação – 301
3.6. Doenças e pragas – 302
3.7. Colheita, comercialização e utilização – 306
3.7.1. Valor alimentar – 309

Capítulo 4 - ANONEIRA – 313
4.1. Histórico – 313
4.2. Botânica – 313
4.2.1. Variedades – 314
4.3. Clima e solo – 317
4.4. Propagação e formação – 318
4.4.1. Espaçamento – 319
4.4.2. Adubação – 319
4.5. Tratos culturais – 320
4.6. Doenças e pragas – 320
4.7. Colheita, comercialização e utilização – 323
4.7.1. Colheita – 323
4.7.2. Composição química da cherimolia – 324

Capítulo 5 - BANANEIRA – 327
5.1. Histórico – 327
5.2. Botânica – 328
5.2.1. Descrição botânica – 331
5.3. Variedades – 333
5.4. Clima e solo – 342
5.5. Formação e propagação – 344
5.5.1. Preparo do solo – 344
5.5.2. Plantio – 345
5.6. Tratos culturais e adubação – 348
5.7. Doenças e pragas – 356
5.7.2.1. Resistência dos cultivares – 366
5.8. Colheita, comercialização e utilização – 368
5.8.1. Maturação – 370
5.8.2. Valor econômico – 372
5.8.3. Produção de banana – 373

Capítulo 6 - CAQUIZEIRO – 383
6.1. Histórico – 383
6.2. Botânica – 383
6.2.1. Sistemática – 383
6.2.2. Descritiva – 384
6.3. Variedades – 387
6.4. Clima e solo – 390
6.5. Propagação e formação – 392
6.5.1. Porta-enxerto – 392
6.5.2. Sementes – 392
6.5.3. Enxertia – 393
6.5.4. Plantio – 393
6.6. Tratos culturais e adubação – 394
6.6.1. Eliminação das ervas daninhas – 394
6.6.2. Tutoragem – 394
6.6.3. Adubação – 394
6.6.4. Irrigação – 395
6.6.5. Poda – 395
6.7. Doenças e pragas – 395
6.8. Colheita, comercialização e utilização – 397
6.8.1. Maturação – 397
6.8.2. Uso – 400
6.8.3. Rendimento – 400
6.9. Regiões produtoras – 401

Capítulo 7 - CEREJA-DAS-ANTILHAS – 405
7.1. Histórico – 405
7.2. Botânica – 406
7.3. Variedades – 408
7.4. Clima e solo – 408
7.5. Propagação e formação – 409
7.6. Tratos culturais e adubação – 410
7.6.1. Adubação – 410
7.6.2. Irrigação – 411
7.7. Doenças e pragas – 411
7.8. Colheita, comercialização e utilização – 412

Capítulo 8 - CITROS – 419
8.1. Histórico – 419
8.2. Botânica – 419
8.2.1. Biologia – 424
8.2.2. Poliembrionia – 428
8.2.3. Melhoramento – 429
8.2.4. Desenvolvimento e maturação dos frutos – 430
8.3. Variedades – 431
8.3.1. Mercado interno – 432
8.3.2. Doméstico – 432
8.3.3. Exportação – 432
8.3.4. Indústria – 432
8.4. Clima e solo – 433
8.5. Propagação e formação – 436
8.5.1. Semeadura – 436
8.5.2. Formação de pomar – 440
8.6. Tratos culturais e adubação – 441
8.7. Doenças e pragas – 443
8.8. Colheita, comercialização e utilização – 463
8.8.1. Industrialização – 465
8.8.2. Conservação – 465
8.8.3. Produção – 466

Capítulo 9 - FIGUEIRA – 473
9.1. Histórico – 473
9.2. Botânica – 474
9.2.1. Sistema radicular – 474
9.2.2. Parte aérea – 474
9.2.3. Ramos – 475
9.2.4. Folhas – 475
9.2.5. Gemas – 475
9.2.6. Frutos – 475
9.2.7. Polinização (caprificação) – 477
9.2.8. Tipos de figos – 478
9.2.9. Pomologia – 480
9.3. Variedades – 481
9.3.1. Roxo de Valinhos – 481
9.3.2. Pingo de mel – 482
9.4. Clima e solo – 482
9.5. Propagação e formação – 484
9.5.1. Propagação – 484
9.6. Tratos culturais – 487
9.6.1. Poda – 487
9.6.2. Cobertura morta – 489
9.6.3. Controle de ervas daninhas – 490
9.6.4. Adubação – 490
9.6.5. Maturação – 491
9.7. Pragas e doenças – 491
9.8. Colheita, comercialização e utilização – 496
9.8.1. Composição e industrialização dos frutos – 498

Capítulo 10 - KIWI – 503
10.1. Histórico – 503
10.2. Botânica – 503
10.2.1. Sistema radicular – 504
10.2.2. Sistema aéreo – 504
10.2.3. Sementes – 505
10.2.4. Polinização – 506
10.2.5. Variedades – 506
10.3. Clima e solo – 508
10.4. Propagação – 509
10.4.1. Sementes – 509
10.4.2. Propagação vegetativa – 510
10.5. Formação do pomar – 511
10.5.1. Plantio – 512
10.6. Tratos culturais – 512
10.6.1. Adubação e irrigação – 512
10.6.2. Controle de ervas daninhas – 513
10.6.3. Condução da planta – 513
10.6.4. Poda – 515
10.6.5. Doenças e pragas – 516
10.7. Colheita e conservação – 516
10.7.1. Qualidade dos frutos – 517

Capítulo 11 - MACADÂMIA – 523
11.1. Histórico – 523
11.2. Botânica – 523
11.3. Variedades – 525
11.4. Clima e solo – 528
11.5. Propagação e formação – 529
11.5.1. Semeadura – 530
11.5.2. Enxertia – 531
11.5.3. Plantio – 532
11.5.4. Espaçamento – 532
11.6. Tratos culturais – 533
11.6.1. Consorciação – 533
11.6.2. Adubação – 534
11.7. Doenças e pragas – 535
11.8. Colheita, comercialização e utilização – 535

Capítulo 12 - MAMOEIRO – 541
12.1. Histórico – 541
12.2. Botânica – 541
12.2.1. Tipos de flores – 543
12.2.2. Variação de sexo – 547
12.2.3. Herança do sexo – 548
12.2.4. Frutos – 549
12.2.5. Ovocarpismo – 549
12.3. Variedades – 550
12.4. Clima e solo – 553
12.5. Propagação e formação – 555
12.5.1. Número de mudas por cova – 557
12.5.2. Espaçamento e coveamento – 558
12.5.3. Plantio – 558
12.6. Tratos culturais e adubação – 559
12.6.1. Desbaste – 559
12.6.2. Adubação complementar – 560
12.6.3. Controle das ervas daninhas – 561
12.6.4. Eliminação dos frutos – 561
12.6.5. Poda – 561
12.7. Pragas e doenças – 562
12.8. Colheita – 567
12.8.1. Ponto de colheita – 568
12.8.2. Maturação – 568
12.8.3. Uso do mamão – 569
12.8.4. Papaína – 569
12.8.5. Comercialização – 570

Capítulo 13 - MANGUEIRA – 577
13.1. Histórico – 577
13.2. Botânica – 578
13.2.1. Pecíolo – 579
13.2.2. Inflorescência – 579
13.2.3. Flores – 579
13.2.4. Frutos – 580
13.2.5. Biologia – 581
13.2.6. Poliembrionia – 586
13.2.7. Melhoramento – 587
13.3. Variedades – 587
13.3.1. Variedades de valor comercial e para a indústria – 588
13.3.2. Variedades americanas – 597
13.4. Clima e solo – 600
13.5. Propagação e formação – 604
13.5.1. Propagação por sementes – 604
13.5.2. Enxertia – 606
13.5.3. Envasamento – 607
13.5.4. Formação do pomar – 607
13.5.5. Espaçamento – 607
13.5.6. Plantação – 609
13.6. Tratos culturais e adubação – 609
13.6.1. Reguladores – 610
13.6.2. Adubação – 610
13.7. Doenças e pragas – 612
13.8. Colheita, comercialização e utilização – 619
13.8.1. Colheita – 620
13.8.2. Amadurecimento – 621
13.8.3. Tratamento fitossanitário pós-colheita – 622
13.8.4. Embalagem – 622
13.8.5. Armazenamento – 623
13.8.6. Utilização – 624
13.8.7. Comercialização – 625
13.8.8. Regiões produtoras – 625
13.8.9. Duração da safra – 628

Capítulo 14 - NOGUEIRA PECÃ – 635
14.1. Histórico – 635
14.2. Botânica – 636
14.2.1. Biologia – 637
14.2.2. Variedades – 638
14.3. Clima e solo – 641
14.4. Propagação e formação – 641
14.4.1. Enxertia – 642
14.4.2. Formação do pomar – 643
14.5. Tratos culturais e adubação – 644
14.5.1. Poda – 644
14.5.2. Adubação – 645
14.6. Pragas e doenças – 646
14.7. Colheita – 647
14.7.1. Regiões econômicas – 648

Capítulo 15 - PESSEGUEIRO – 651
15.1. Histórico – 651
15.2. Botânica – 652
15.2.1. Biologia – 653
15.2.2. Frutos – 655
15.3. Variedades – 655
15.4. Clima e solo – 659
15.5. Propagação e formação – 661
15.5.1. Enxertia – 662
15.5.2. Plantio – 663
15.5.3. Espaçamento – 663
15.5.4. Adubação – 665
15.5.5. Poda – 665
15.6. Doenças e pragas – 668
15.7. Colheita, comercialização e utilização – 673
15.7.1. Embalagem – 674
15.7.2. Qualidade e conservação – 675
15.7.3. Utilização e valor nutritivo – 675
15.7.4. Dados econômicos – 676

Capítulo 16 - SAPOTIZEIRO – 681
16.1. Histórico – 681
16.2. Botânica – 681
16.3. Variedades – 682
16.4. Clima e solo – 683
16.5. Propagação e formação – 684
16.5.1. Plantio – 685
16.5.2. Espaçamento – 686
16.6. Tratos culturais – 686
16.7. Doenças e pragas – 687
16.8. Colheita, comercialização e utilização – 688
16.8.1. Valor econômico – 688
16.8.2. Composição química – 689

Capítulo 17 - TAMAREIRA – 691
17.1. Histórico – 691
17.2. Botânica – 694
17.3. Variedades – 697
17.4. Clima e solo – 698
17.5. Propagação e formação – 700
17.5.1. Espaçamento – 700
17.6. Tratos culturais – 701
17.6.1. Eliminação das ervas daninhas – 701
17.6.2. Consorciação – 701
17.6.3. Poda – 701
17.6.4. Adubação – 702
17.6.5. Irrigação – 702
17.7. Doenças e pragas – 703
17.8. Colheita, comercialização e utilização – 704
17.8.1. Rendimento – 704
17.8.2. Utilização – 706
17.8.3. Regiões indicadas para seu cultivo – 707

Capítulo 18 - VIDEIRA – 709
18.1. Histórico – 709
18.2. Botânica – 710
18.2.1. Sistema radicular – 710
18.2.2. Sistema aéreo – 711
18.2.3. Biologia – 715
18.2.4. Frutificação – 716
18.2.5. Polinização – 716
18.2.6. Variedades – 718
18.2.6.1. Descrição de algumas variedades de uvas – 721
18.2.7. Porta-enxerto – 725
18.3. Clima e solo – 727
18.4. Propagação e formação – 730
18.4.1. Covas ou valetas – 730
18.4.2. Enxertia – 731
18.4.3. Condução do vinhedo – 731
18.5. Tratos culturais e adubação – 738
18.5.1. Tratos culturais da planta – 738
18.5.2. Tratos culturais do solo – 741
18.6. Doenças e pragas – 745
18.7. Colheita, comercialização e utilização – 750
18.7.1. Valor nutritivo – 752
18.7.2. Conservação da uva – 752
18.8. Viticultura nacional e mundial – 754
18.8.1. Uvas no mundo – 757

Autor: Salim Simão
Ano: 1998
Número de Páginas: 760
Tamanho: 16 x 23 cm
Editora: Fealq
Acabamento: Brochura
ISBN: 85-7133-002-6


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados