...

R$ 93,00

REVOLUÇÃO DOS TRANSGÊNICOS

Comprar

Descrição

O principal objetivo do livro é informar de maneira concisa em língua portuguesa, buscando a simplicidade sem comprometer a precisão das informações, sobre vários tópicos relacionados a transgênicos. Para cumprir esse objetivo, 17 autores especializados em áreas que vão da biologia molecular ao direito foram recrutados. Dessa maneira, ao contrário da grande parte dos livros sobre o tema, foi possível abordar os vários tipos de transgênicos, desde microrganismos até vegetais e animais.

Começamos o livro Revolução dos Transgênicos fazendo um balanço sobre a evolução da biotecnologia através do tempo. A criação da agricultura e a domesticação de animais são exemplos históricos de biotecnologia. Já a transgenia é um desdobrar recente da biotecnologia e representa uma nova maneira de manipular a natureza, tornando possível a quebra da barreira entre as espécies. Plantas transgênicas resistentes a pragas, doenças e herbicidas e bactérias transgênicas produtoras de medicamentos são hoje uma realidade comercial irreversível. As técnicas utilizadas pela biologia molecular para manipular o DNA e obter organismos transgênicos são essencialmente as mesmas, independendo do organismo transgênico ser um microrganismo, planta ou animal e foram, por isso, descritas conjuntamente no capítulo 2.

Novas possibilidades como plantas transgênicas nutricionalmente enriquecidas, microrganismos transgênicos produtores de enzimas diferenciadas para a indústria e animais transgênicos como doadores de órgãos para seres humanos ou usados como biofábricas de compostos de interesse farmacêutico estão em fase de desenvolvimento. Os capítulos 3, 4 e 5 foram dedicados a analisar projetos concluídos, bem como outros em desenvolvimento relacionados a plantas, animais e microrganismos transgênicos, respectivamente.

Dado o atual estado da arte, pessoas comuns, representantes governamentais e pesquisadores não podem deixar de pensar nos benefícios e possíveis problemas relacionados a cada tipo de transgênico. Nesse contexto, o capítulo 6 foi dedicado ao tema avaliação de risco e biossegurança. Este tipo de análise é fundamental para que se tomem decisões quanto à liberação de transgênicos no ambiente, mas a literatura em português ainda é parca. O mesmo tema é aprofundado sob outro ângulo no capítulo 7 no qual são descritas as estratégias moleculares de contenção de organismos geneticamente modificados. Por fim, uma discussão sobre a questão dos transgênicos não está completa sem abordar o arcabouço legal atualmente em vigor no Brasil e fazer uma comparação com a legislação de biossegurança em outros países.

O Brasil se encontra em uma encruzilhada onde precisa se posicionar claramente em relação aos transgênicos para que tenha alguma chance de obter uma posição relevante na bioindústria num contexto de mundo globalizado. A competição eliminará aqueles países que não tiverem se preparado adequadamente para enfrentá-la e o conhecimento profundo sobre o assunto é apenas a primeira etapa. Quer seja pela curiosidade biológica, potencial comercial ou polêmica política, transgênicos são um tema fascinante. Após a leitura deste livro, o leitor há de concordar que estamos realmente diante de uma Revolução!

Este livro é de interesse tanto do cidadão comum como de profissionais de diversas áreas como biologia, agronomia, veterinária, farmácia, jornalismo, engenharia florestal, medicina, nutrição, direito, entre outros.

Apresentação – V
Colaboradores – VII

1. Evolução da Biotecnologia – 1
1.1. Introdução – 1
1.2. A Biotecnologia através dos Tempos no Mundo – 2
1.3. A Biotecnologia no Brasil – 8
1.3.1. Um breve histórico – 8
1.3.2. Os avanços em pesquisa na área de biotecnologia no Brasil – 12
1.3.3. Os avanços em biotecnologia no setor privado no Brasil – 12
1.3.4. O futuro da bioindústria no Brasil – 15

2. Engenharia de Transgênicos: Metodologia – 19
2.1. Introdução – 19
2.1.1. Plasmídeos – 20
2.1.2. Enzimas de restrição – 22
2.1.3. Enzima DNA ligase – 23
2.1.4. Clonagem de DNA – 23
2.1.5. Transformação – 24
2.1.6. Gel de agarose e eletroforese – 27
2.1.7. Expressão heteróloga – 29
2.1.8. Reação da Polimerase em Cadeia - PCR – 30
2.2. Transferência de Genes para Plantas – 32
2.2.1. Transformação por Agrobacterium tumefaciens – 33
2.2.2. Transformação por biobalística – 35
2.2.3. Transformação por eletroporação – 36
2.2.4. Transformação in planta – 36
2.3. Transferência de Genes para Animais – 36
2.3.1. Microinjeção de DNA – 37
2.3.2. Transferência de genes mediada por retrovírus – 37
2.3.3. Transferência nuclear – 38
2.3.4. Espermatozóides como vetores – 39
2.3.5. Transformação por eletroporação – 39
2.3.6. Tecnologias de células-tronco embrionárias e germinativas – 40
2.3.7. Knockdown de genes e RNA interference – 41

3. Plantas Geneticamente Modificadas – 47
3.1. Introdução – 47
3.2. Plantas Transgênicas que Beneficiam o Produtor – 48
3.3. Plantas Transgênicas que Beneficiam o Consumidor – 55
3.4. Plantas Transgênicas como Biorreatores – 57
3.5. Situação Atual das Plantas Transgênicas no Brasil e no Mundo – 61
3.6. Métodos de Detecção de Transgênicos – 61

4. Animais Geneticamente Modificados – 73
4.1. Introdução – 73
4.2. Animais Transgênicos como Modelos em Laboratório – 74
4.3. Transgênicos como Biorreatores: Fábricas de Proteínas em Larga Escala – 77
4.4. Transgênicos na Fazenda: mais Produtivos, com Derivados de Melhor Qualidade e Menos Poluentes – 79
4.5. Xenotransplantes: a Transgenia Salvando Vidas – 80
4.6. Insetos Transgênicos: Uma Nova Metodologia no Controle de Pragas – 81
4.7. Animais Transgênicos Brasileiros – 82

5. Microrganismos Geneticamente Modificados – 89
5.1. Introdução – 89
5.2. Aplicações Biotecnológicas de Microrganismos e Modificação Genética – 90
5.3. Tecnologia Enzimática e Microrganismos GM – 92
5.3.1. Produção de álcool combustível a partir de amido ou material lignocelulósico – 94
5.3.2. Produção de ração animal – 96
5.3.3. Indústria papeleira – 97
5.4. A Engenharia Genética e a Performance de Enzimas – 97
5.5. Microrganismos GM na Produção de Proteínas de Interesse Farmacêutico – 100
5.6. Microrganismos GM na Agricultura – 105

6. Biossegurança de Organismos Geneticamente Modificados e Análise de Risco – 109
6.1. Introdução – 109
6.2. Biossegurança: Seu Histórico e Conceito Atual – 110
6.3. Análise de Risco – 111
6.4. Componentes da Análise de Risco – 112
6.5. Fatores a Serem Considerados na Avaliação de Risco de Organismos Geneticamente Modificados – 114
6.6. Estudos de Caso – 120
6.7. Considerações Finais – 123

7. Estratégias Moleculares para Contenção de Organismos Geneticamente Modificados – 127
7.1. Introdução – 127
7.2. Estratégias para Contenção Genética em Plantas – 129
7.2.1. Transformação de genoma extranuclear – 129
7.2.2. Macho-esterilidade – 130
7.2.3. Tecnologias genéticas de restrição de uso - GURTs – 131
7.2.4. Integração dirigida do transgene e desequilíbrio de ligação – 132
7.2.5. Uso de construções que possuem o gene-alvo adjacente a genes que provocam redução da adaptabilidade – 132
7.3. Estratégias para Contenção Genética de Microrganismos GM – 133
7.3.1. Sistemas baseados em genes letais – 134
7.3.2. Sistemas baseados em genes letais/antiletais – 135
7.4. Estratégias para Contenção Genética de Peixes GM – 136
7.5. Conclusões – 137

8. Legislação de Biossegurança no Brasil – 143
8.1. Histórico – 143
8.2. A Nova Lei de Biossegurança e Suas Principais Implicações para a Pesquisa Agrícola – 146
8.2.1. Do Conselho Nacional de Biossegurança (CNBS) – 147
8.2.2. Da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) – 149
8.2.3. Dos órgãos e entidades de registro e fiscalização – 152
8.2.4. Da Comissão Interna de Biossegurança (CIBio) – 153
8.2.5. Do Sistema de Informações em Biossegurança (SIB) – 154
8.2.6. Das responsabilidades – 155
8.2.7. Outras disposições – 156
8.3. Quadro Regulatório Internacional – 160
8.3.1. Convenção de Diversidade Biológica – 160
8.3.2. O Protocolo de Cartagena – 162
8.3.3. O Codex Alimentarius – 167
8.3.4. Legislação de biossegurança em outros países – 168
8.4. Considerações Finais – 170

Autora: Betania Quirino
Ano: 2008
Número de Páginas: 172
Tamanho: 16 x 23 cm
Editora: Interciência
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-7193-179-4


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados