...

R$ 160,00

PLANTAS DE PORTUGAL: evolução e taxonomia

Comprar

Descrição

Nesta obra tentámos conciliar as necessidades dos professores, produzindo um livro completo e actualizado, com o desejo dos estudantes, desenvolvendo uma obra de leitura fácil e múltiplos exemplos elucidativos e objectivos.

É uma obra com uma abordagem introdutória à origem do Universo, complementada com uma caracterização geral sobre a Evolução dos Traqueófitos. Finalmente, caracterizam-se as respectivas classes, ordens e famílias da actualidade.

Com uma descrição sucinta de algumas espécies consideradas mais representativas em Portugal, apresentam-se ainda algumas indicações relativas à Ecologia, distribuição geográfica e nomes mais vulgares.

Com uma linguagem simples, este livro facilita o trabalho de professores e estudantes, nomeadamente no âmbito da Biologia, Agronomia, Ambiente, Silvicultura e Biotecnologia Vegetal do Ensino Superior Universitário e Politécnico. Pode ainda constituir um auxiliar didáctico para os professores do Ensino Secundário e Básico.

Adoptando uma visão holista, os autores estão persuadidos de que, tanto os alunos como os professores, irão encontar nesta obra, conteúdos científicos apresentados de forma tutorial.

Autores – XIII
Prefácio – XVII
Introdução – XXIII
Dendrograma dos Traqueófitos – XXV

Capítulo I - Evolução do Universo “Condicionantes para o surgimento das plantas”
O Big Bang e a expansão do Universo – 3
à Formação das galáxias – 7
A Via Láctea – 8
O Sistema Solar – 9
O planeta Terra – 12
- A Estrutura interna – 12
- A origem dos oceanos e da atmosfera – 13
- A deriva dos continentes – 14
- A evolução e extinção das formas de vida – 16
• Contributo do Universo: passado e futuro – 16
• A correlação com a deriva dos continentes – 18
• A constituição dos principais biomas actuais – 23
- Aspectos gerais – 23
- Florestas húmidas ou fluviais – 25
- Savanas e florestas tropicais decíduas – 26
- Florestas temperadas decíduas – 27
- Campos – 28
- Desertos – 28
- Taiga – 30
- Tundra Ártica – 31

Capítulo II - Integração evolutiva dos Traqueófitos
O ancestral das plantas terrestres – 35
As plantas vasculares primitivas – 38
- Criptogâmicas – 38
- Progimnospérmicas – 45
- Pteridospérmicas – 48
- Gimnospérmicas – 49
- Angiospérmicas – 51

Capítulo III - Criptogâmicas actuais
Pteridófitos – 63
Aspectos gerais – 63
A divisão Psilophyta – 66
A divisão Lycopodiophyta – 67
- Lycopodiaceae – 69
- Selaginellaceae – 70
- Isoetaceae – 73
A divisão Equisetophyta – 75
A divisão Polypodiophyta – 76
- Sub-classe Marattidae – 80
- Sub-ciasse Ophioglossidae – 81
- Sub-classe Polypodidae – 81

Capítulo IV - Espermatófitos actuais
Espermatófitos – 93
Aspectos gerais – 93
As Gimnospérmicas – 93
- Características gerais – 93
- A divisão Coniferophyta – 97
• Araucaríaceae – 98
• Cupressaceae – 100
• Pinaceae – 103
• Podocarpaceae – 112
• Taxadiaceae – 114
• Gnetaceae – 133
• Welwistschiaceae – 136

CapítuÈo V - Angiospérmicas actuais
Angiospérmicas – 139
Características gerais – 139
A classe Magnoliopsida – 142
- Myricaceae – 143
- Saiicaceae – 144
- Betulaceae – 145
- Corylaceae – 145
- Fagaceae – 146
- Moraceae – 146
- Ulmaceae – 149
- Cannabaceae – 149
- Urticaceae – 150
- Chenopodiaceae – 151
- Polygonaceae – 151
- Amarantaceae – 152
- Phytolaccaceae – 152
- Aristolochiaceae – 153
- Rafflesiaceae – 153
- Viscaceae – 154
- Santalaceae – 155
- Thymelaeaceae – 155
- Ceratophyllaceae – 156
- Callitrichaceae – 157
- Euphorbiaceae – 157
- Buxaceae – 159
- Rhamnaceae – 159
- Celastraceae – 160
- Anacardiaceae – 161
- Aceraceae – 161
- Vitidaceae – 162
- Aquifoliaceae – 162
- Lauraceae – 164
- Berberidaceae – 164
- Tammaricaceae – 164
- Nymphaceae – 165
- Cistaceae – 166
- Ranunculaceae – 167
- Papaveraceae – 167
- Fumariaceae – 167
Brassicaceae – 168
Capparidaceae – 171
Resedaceae – 171
Polygalaceae – 171
Leguminosae – 172
Violaceae – 174
Oxalidaceae – 176
Droseraceae – 176
Hypericaceae – 177
Zygophyllaceae – 179
Rutaceae – 179
Malvaceae – 179
Geraniaceae – 180
Linaceae – 182
Elatinaceae – 183
Lllecebraceae – 183
Caryophyllaceae – 184
Frankeniaceae – 184
Lythraceae – 185
Portulacaceae – 186
Aizoaceae – 186
Crassulaceae – 188
Saxifragaceae – 189
Rosaceae – 189
Myrtaceae – 193
Punicaceae – 194
Cactaceae – 194
Halorrhagidaceae – 196
Onagraceae – 196
Cornaceae – 197
Araliaceae – 197
Apiaceae – 199
Plumbaginaceae – 200
Primulaceae – 201
Empetraceae – 202
Ericaceae – 202
Oleaceae – 203
Apocinaceae – 205
Asciepiadaceae – 206
Gentianaceae – 207
Cuscutaceae – 208
Convolvulaceae – 208
Solanaceae – 210
Scrophulariaceae – 210
Lentibulariaceae – 210
Acanthaceae – 213
- Orobanchaceae – 214
- Plantaginaceae – 214
- Verbenaceae – 215
- Lamiaceae – 215
- Boraginaceae – 216
- Globulariaceae – 216
- Rubiaceae – 219
- Cucurbitaceae – 220
- Campanulaceae – 222
- Caprifoliaceae – 222
- Valerianaceae – 223
- Dipsaceae – 224
- Asteraceae – 224
A classe Liliopsida – 228
- Agavaceae – 229
- Lemnaceae – 230
- Araceae – 230
- Typhaceae – 230
- Cyperaceae – 231
- Poaceae – 233
- Palmaceae – 233
- Juncaceae – 233
- Alismataceae – 236
- Hydrocharitaceae – 236
- Liliaceae – 237
- Iridaceae – 237
- Amaryllidaceae – 239
- Orchidaceae – 239
- Musaceae – 241
- Bromeliaceae – 242
Glossário – 245
Bibliografia – 253
Índices taxonómicos das espécies
Famílias – 261
Espécies – 263
Nomes vulgares das espécies - 269

Autores: Fernando José Cebola Lidon, Hélio Parreira Gomes e António Campos Silva Abrantes
Ano: 2005
Número de Páginas: 272
Tamanho: 17 X 24 cm
Editora: Escolar
Acabamento: Brochura
ISBN: 972-592-178-X


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados