...

R$ 204,00

A APLICAÇAO SUSTENTAVEL DE PRODUTOS FITOFARMACEUTICOS

Comprar

Descrição

Esta obra decorre da experiência acumulada dos autores na formação de utilizadores de produtos fitofarmacêuticos. Tendo por base um manual de apoio à formação que os autores atualizaram e completaram no âmbito profissional, que foi reestruturado a partir de fontes bibliográficas dispersas, no sentido de se tornar mais abrangente e de leitura fácil para todos os interessados pela temática, a sua publicação em livro pretende preencher um vazio existente em bibliografia sistematizada destinada a um público geral não especializado.

O uso sustentável dos produtos fitofarmacêuticos é hoje um tema incontornável na questão da qualidade e sustentabilidade da produção agrícola e alimentar, saúde pública e preservação do meio ambiente, sendo transversal a diversos públicos desde o empresário agrícola profissional ao utilizador casual deste tipo de substâncias.

O objetivo principal desta obra é informar, sensibilizar e promover a mudança de atitude dos leitores para a importância do uso adequado dos produtos fitofarmacêuticos tendo por base o reconhecimento dos inimigos das culturas vegetais, as características dos produtos fitofarmacêuticos, a redução dos riscos associados à sua utilização, em conformidade com as condições aprovadas expressas nos rótulos, e no respeito pelas boas práticas fitossanitárias e diretivas comunitárias e legislação nacional.

INTRODUÇÃO A AGRICULTURA E OS PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS – 1
PARTE 1
A PROTEÇÃO DAS CULTURAS E OS PROBLEMAS FITOSSANITÁRIOS DAS PLANTAS – 7
1.1. PROBLEMAS FITOSSANITÁRIOS DAS PLANTAS – 11
1.1.1. Problemas bióticos ou parasitários – 14
1.1.1.1. Pragas – 15
1.1.1.1.1. Insetos – 15
1.1.1.1.2. Ácaros – 18
1.1.1.1.3. Nemátodos – 18
1.1.1.1.4. Moluscos – 19
1.1.1.1.5. Roedores – 19
1.1.1.2. Doenças – 20
1.1.1.2.1. Fungos – 20
1.1.1.2.2. Bactérias – 21
1.1.1.2.3. Vírus – 22
1.1.1.3. Infestantes – 22
1.1.2. Problemas abióticos ou não parasitários – 24
1.2. MEIOS DE PROTEÇÃO DAS CULTURAS – 25
1.2.1. Métodos diretos – 28
1.2.1.1. Métodos físicos – 28
1.2.1.2. Métodos biológicos – 29
1.2.1.3. Métodos químicos – 29
1.2.2. Métodos indiretos – 30
1.2.2.1. Luta legislativa – 30
1.2.2.2. Luta genética – 30
1.2.2.3. Luta cultural – 31
1.2.2.4. Luta biotécnica – 32
1.3. ESTRATÉGIAS DE PROTEÇÃO FITOSSANITÁRIA DAS CULTURAS – 35
1.3.1. Boa prática fitossanitária – 37
1.3.2. Proteção integrada: princípios e componentes – 38
1.3.2.1. Estimativa do risco – 39
1.3.2.2. Nível Econômico de Ataque (NEA) – 42
1.3.2.3. Tomada de Decisão – 43
1.3.2.4. Registro das Intervenções Realizadas (Caderno de Campo) – 43
1.3.3. Agricultura biológica – 44

PARTE 2
OS PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS (PF) E A SUAAPLICAÇÃO – 45
2.1. PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS (PF) – 49
2.1.1. Composição de um PF – 52
2.1.2. Apresentação comercial de um PF – 52
2.1.3. Tipos de PF segundo o organismo biológico a que se destinam – 54
2.1.3.1. Fungicidas – 54
2.1.3.1.1. Classificação segundo a mobilidade na planta – 55
2.1.3.1.2. Classificação segundo a ação sobre o agente causal – 55
2.1.3.1.3. Classificação segundo o modo de ação dos fungicidas – 56
2.1.3.2. Inseticidas e acaricidas – 56
2.1.3.2.1. Mobilidade na planta – 56
2.1.3.2.2. Vias de penetração nas pragas – 57
2.1.3.2.3. Estado de desenvolvimento do inseto – 57
2.1.3.2.4. Classificação química – 57
2.1.3.3. Herbicidas – 58
2.1.3.3.1. Mobilidade na planta – 59
2.1.3.3.2. Época de aplicação – 59
2.1.3.4. Nematodicidas – 60
2.1.3.5. Moluscicidas – 60
2.1.3.6. Rodenticidas – 60
2.1.3.7. Atrativos – 61
2.1.3.8. Repulsivos – 61
2.1.3.9. Feromonas sexuais – 61
2.1.3.10. Informação toxicológica – 61
2.1.4. Rótulos dos PF e sua interpretação – 63
2.1.4.1. Identificação do produto – 63
2.1.4.2. Condições de utilização – 63
2.1.4.3. Precauções toxicológicas e ambientais – 64
2.2. RISCOS RECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE PF – 65
2.2.1. Riscos para o aplicador – 68
2.2.2. Riscos para o ambiente – 69
2.2.3. Riscos para a fauna – 70
2.2.4. Riscos para a agricultura – 70
2.2.5. Riscos para o consumidor – 71
2.3. MEDIDAS PARA REDUZIR OS RISCOS DECORRENTES DA UTILIZAÇÃO DE PF – 73
2.3.1. Equipamentos de Proteção Individual (EPI) – 75
2.3.2. Boas Práticas Fitossanitárias (BPF) – 79
2.3.2.1. Preparação da caldas – 79
2.3.2.2. Eliminação de excedentes de calda – 79
2.3.2.3. Limpeza dos equipamentos de aplicação – 80
2.3.2.4. Gestão de embalagens e produtos obsoletos – 80
2.3.2.5. Proteção de polinizadores – 81
2.3.2.6. Condições de aplicação – 82
2.3.2.6.1. Tamanho da gota de pulverização e número de impactos – 82
2.3-2.6.2. Arrastamento de calda – 84
2.3.2.6.3. Quantidades de produto - dose e concentração – 84
2.4. MÁQUINAS DE APLICAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS – 85
2.4.1. Pulverizadores – 87
2.4.1.1. Pulverizador hidráulico ou de jato projetado – 88
2.4.1.2. Pulverizador de jato transportado – 88
2.4.1.3. Atomizador ou pneumático – 89
2.4.1.4. Canhão de pulverização – 89
2.4.1.5. Pulverizador centrífugo – 90
2.4.1.6. Pulverizador térmico – 90
2.4.1.7. Principais componentes dos pulverizadores – 90
2.4.1.8. Cuidados na manutenção das máquinas de pulverização - 95
2.4.2. Polvilhadores – 96
2.4.3. Ligação ao trator – 97
2.4.3.1. Tomada de Força (TDF) – 97
2.4.3.2. Veio de cardan e sua segurança – 98
2.4.3.3. Engate e regulações comuns – 99
2.5. CALIBRAÇÂO DAS MÁQUINAS E MATERIAL DE APLICAÇÃO – 101
2.5.1. Débito dos pulverizadores – 103
2.5.1.1. Ensaio em branco - pulverizadores de dorso – 103
2.5.1.2. Ensaio em branco- barra/turbina – 104
2.5.2. Adaptação à cultura – 106
2.5.2.1. Pulverizador de barras - 106
2.5.2.2. Pulverizadores de turbina – 106
2.5.3. Ajustes de débito – 107
2.6. ARMAZENAMENTO E TRANSPORTE DE PF - PEQUENAS QUANTIDADES – 109
2.6.1. Armazenamento – 111
2.6.2. Transporte – 114
2.7. VENDA DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS – 115
2.7.1. Armazenamento de PF para venda – 117
2.7.2. Gestão de existências de PF para venda – 118
2.7.3. Derrames e outros acidentes – 119
2.7.4. Limpeza do armazém – 119
2.7.5. Embalagens vazias – 120
2.7.6. Resíduos de excedentes de produtos fitofarmacêuticos – 120
2.7.7. Formação dos operadores e venda responsável – 121
2.8. ACIDENTES COM PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS – 123
2.8.1. Procedimentos básicos – 125
2.8.2. Principais sintomas de intoxicação – 126
2.8.3. Medidas de primeiros socorros – 127
CONCLUSÃO – 129
LISTA DE FIGURAS – 133
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS - 139


Autora: José Fernando Gomes Pereira e Paulo Nuno Castro Sousa
Ano: 2018
Número de Páginas: 156
Tamanho: 17 x 24 cm
Editora: Agrobook
Acabamento: Brochura
ISBN: 9789898927002


CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone: (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados