IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA
R$ 124,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Agronomia
 
RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS
 
RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS     
  
Por: R$ 0,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
Há muito tempo, o domínio e a preservação de recursos genéticos (entendidos como ”materiais genéticos que contêm elementos funcionais de hereditariedade e que possuem valor real ou potencial“) foram apontados como bases para o desenvolvimento de variedades e cultivares vegetais, raças animais ou estirpes microbianas com características demandadas pelos mercados, em cada momento de evolução dos mesmos e também como elementos importantes para a soberania e segurança alimentar das nações. Em função dessa importância, tratados internacionais foram estabelecidos, como a Convenção da Diversidade Biológica (CDB) (1992), da qual o Brasil foi signatário de primeira hora, e o Tratado Internacional de Recursos Fitogenéticos para Alimentação e Agricultura (2001), ao qual o Brasil aderiu recentemente.

Em âmbito interno, o acesso ao patrimônio genético nacional está regulamentado pela Medida Provisória n° 2.186-16, de 2001, que dispõe sobre o acesso a componente do patrimônio genético e ao conhecimento tradicional a ele associado, à repartição dos benefícios gerados pela utilização desse patrimônio e ao acesso e à transferência de tecnologia para conservação e utilização da diversidade biológica. Como o Brasil é um país de megadiversidade biológica, a coleta, a caracterização, a conservação e a utilização dos materiais genéticos que a compõem são atividades de importância estratégica. Entretanto, também são de grande importância as mesmas atividades relacionadas aos materiais genéticos que não são nativos do Brasil, mas que são rotineiramente utilizados para produção de alimentos, fibras, insumos energéticos, fármacos e tantos outros elementos indispensáveis à vida e ao bem-estar dos brasileiros.

Com a visão antecipatória de que os referidos materiais seriam de grande valor e importância incomensurável para a pesquisa agropecuária e para o agronegócio brasileiros, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em novembro de 1974, criou a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, com o objetivo de ”organizar e coordenar as atividades de introdução, avaliação, conservação, documentação e utilização de recursos genéticos no País“. Em seu livro sol da Manhã, José Irineu Cabral, primeiro presidente da Embrapa, testemunha a importância que a Empresa, já naquela época, dava ao assunto. Referindo-se à criação das Unidades da Embrapa, Irineu Cabral relembra: ”uma Unidade que mereceu especial atenção foi o Centro de Recursos Genéticos (Cenargen)... com sede em Brasília, devendo utilizar bases físicas de unidades de pesquisa da Embrapa, ou a ela vinculadas, como locais ou estações de manutenção e conservação de material genético“.

Aí estava traçado o modelo de trabalho em recursos genéticos que a Embrapa utiliza até hoje: uma unidade central, coordenadora das atividades e que atualmente detém bancos de germoplasma para conservação em longo prazo e uma rede de mais de 170 bancos ativos de germoplasma (BAGs) distribuídos em muitas Unidades da Empresa e em outras instituições parceiras. É uma rede que, em número de acessos, deve ser a terceira ou quarta do mundo e ainda será incrementada por muito tempo, de um lado pelo aprofundamento dos conhecimentos relativos à biodiversidade brasileira e, por outro, para atender às demandas por materiais exóticos, indispensáveis ao desenvolvimento tecnológico do agronegócio nacional.

A obra que ora apresentamos à sociedade reúne grande quantidade de informações concernentes aos trabalhos com recursos genéticos vegetais realizados na Embrapa. De certa forma, sintetiza grande parte da experiência acumulada ao longo de mais de 30 anos de trabalhos com recursos genéticos vegetais. Em seus 25 capítulos, escritos em sua maior parte por pesquisadores e técnicos da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, despontam informações sobre a história dos recursos genéticos vegetais, os esforços realizados para o enriquecimento das coleções, as técnicas de coleta, de caracterização, de conservação in situ, ex situ e on farm, o modelo de gestão da informação dos bancos de germoplasma, as técnicas para melhoramento genético e os impactos das legislações de acesso a recursos genéticos e de proteção da propriedade industrial sobre a pesquisa, o desenvolvimento e a utilização desses materiais para o agronegócio brasileiro.

Parabenizamos todos os autores dos capítulos e, em particular, ao editor técnico, Luciano Lourenço Nass, pela expressiva contribuição que estão oferecendo a estudantes, professores, pesquisadores e ao público em geral que, a partir de agora, dispõem de obra referencial para aprofundar os estudos e melhorar a compreensão sobre os recursos genéticos vegetais.

Editor Técnico: Luciano Lourenço Nass
Ano: 2007
Número de Páginas: 858
Tamanho: 19,5 x 26,5 cm
Editora: Embrapa
Acabamento: Capa Dura
ISBN: 978-85-87697-34-9
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

ÁRVORES BRASILEIRAS Vol. 1
R$ 130,00
CIGARRINHA ENFEZAMENTOS E VIROSES NO MILHO
R$ 12,00
CULTURA DO MORANGO NO SOLO E EM SUBSTRATO
R$ 227,00
MAMÃO DO PLANTIO A COLHEITA
R$ 90,00

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados