IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




ALIMENTOS FUNCIONAIS
R$71,75


  LIVROS TÉCNICOS >>> Agronomia
 
CULTURA DO ALGODOEIRO
 
CULTURA DO ALGODOEIRO     
  
Por: R$40,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
Nos idos de 1965, Dr. Josef Morgenthaler, diretor do então Instituto Brasileiro da Potassa, lançava o livro "Cultura e Adubação do Algodoeiro", que, ao longo do tempo, foi importante fonte de referência aos estudiosos desta cultura. Na ocasião, o Brasil plantava mais de 2 milhões de hectares de algodoeiro, que era importante cultura de exportação.

As mudanças sócio-econômicas ocorridas no país, principalmente na última década, com a globalização da economia, elevada taxa de juro interno e taxa cambial até recentemente favorável à importação, levaram à redução da área plantada a menos de 1 milhão de hectares, passando o Brasil de exportador a importador de fibras de algodão.

Atingido o fundo do poço, observa-se agora o renascimento da cotonicultura, desta vez direcionada principalmente aos planaltos do Brasil Central, de topografia plana, ideal à mecanização. Esta cotonicultura, alicerçada na tecnologia e no capital, cria nova alternativa para rotação com a cultura da soja, felizmente com crescente ênfase no sistema de plantio direto, preservador da natureza.

É, pois, com grande satisfação que a POTAFOS entrega aos leitores este livro "Cultura do algodoeiro", editado por Edivaldo Cia, do IAC, Eleusio Curvêlo Freire, da EMBRAPA, e Walter Jorge dos Santos, do IAPAR. Ao trabalho dos editores juntou-se o dos autores, que não mediram esforços para redigir textos os mais completos possíveis.

Estou certo que, como o livro publicado por Dr. Morgenthaler, este também será, por muitos anos, uma importante fonte de consulta para cotonicultores e demais interessados nesta cultura.

Dr. Tsuioshi Yamada

A CULTURA DO ALGODÃO NO BRASIL: FATORES QUE AFETAM A PRODUTIVIDADE
Luiz Henrique Carvalho & Ederaldo José Chiavegato
1. Introdução – 1
2. Importância econômica – 2
3. O sistema de produção e a qualidade – 5
4. Fatores que afetam a produtividade – 5
4.1. Fatores de ordem geral – 6
4.2. Fatores de ordem regional – 6
5. Literatura citada – 8

COTTON PRODUCTION FOR HIGH YIELDS AND QUALITY
W. R. (Bob) Thompson
1. Introduction – 9
2. Agronomic production inputs – 10
2.1. Modern cultivars – 10
2.2. Improved pest management – 11
2.3. Soil fertility – 11
2.4. Narrow rows and plant population control – 12
2.5. More and improved use of irrigation – 12
2.6. Growth regulators – 12
2.7. Improved seed quality – 12
2.8. Improved tillage management – 13
2.9. Earlier planting date – 13
2.10. Expanded pest eradication programs – 13
2.11. Better crop termination – 13
2.12. Improved harvesting techniques – 13

MELHORAMENTO GENÉTICO DO ALGODOEIRO
Milton Geraldo Fuzatto
1. Introdução – 15
2. Taxonomia – 16
3. Reprodução – 17
4. Objetivos e características envolvidas – 19
4.1. Componentes da produção e de adequação agrícola – 20
4.2. Componentes de qualidade da fibra e do fio – 20
4.3. Características do produto para fins especiais – 20
5. Metas e dificuldades – 21
6. Métodos de melhoramento – 22
6.1. Métodos para dispor de variabilidade genética – 23
6.2. Métodos de seleção – 26
6.3. Métodos especiais de melhoramento – 27
7. Manutenção de variedades – 29
8. Literatura consultada – 32

GROWTH AND DEVELOPMENT OF A COTTON PLANT
Derrick M. Oosterhuis
1. Introduction – 35
2. Main stages of growth and development – 35
3. Germination and emergence – 36
3.1. The seed – 36
3.2. Germination – 36
4. Early seedling establishment and root development – 38
4.1. Roots – 38
4.2. Main stem and branches – 40
4.3. Leaves – 41
5. Leaf area and canopy development – 44
6. Flowering and boll development – 45
6.1. Squares – 45
6.2. The flower – 47
6.3. Flowering pathern – 47
6.4. Pollination and fertilization – 49
6.5. Vegetative-reproductive balance – 49
7. Maturation – 50
7.1. The boll – 50
7.2. Fiber growth and development – 50
7.3. Boll distribution on the plant – 51
8. Crop development and heat units – 52
9. Summary of developmental events – 52
10. Conclusions – 54
11. References – 54

NUTRIÇÃO MINERAL E ADUBAÇÃO DO ALGODOEIRO NO BRASIL
Nelson Machado da Silva
1. Introdução – 57
2. Calagem – 58
2.1. Acidez do solo e disponibilidade de nutrientes – 58
2.2. Efeitos da calagem – 58
2.3. Critérios de recomendação – 60
2.4. Granulometria e natureza do calcário – 62
2.5. Modo e época de aplicação – 63
2.6. Uso do gesso – 65
3. Adubação mineral – 69
3.1. Marcha de absorção e exigência da planta – 69
3.2. Absorção, metabolismo e função dos nutrientes – 71
3.3. Diagnose da deficiência e da toxicidade – 71
3.4. Resposta à adubação - modos de aplicação de adubos – 74
4. Literatura consultada – 89

FERTILIZATION OF COTTON FOR YIELDS AND QUALITY
W. R. (Bob) Thompson
1. Introduction – 93
2. Soil testing – 94
3. Macronutrients – 95
3.1. Nitrogen (N) – 95
3.2. Phosphorus (P) – 96
3.3. Potassium (K) – 96
4. Secondary nutrientes – 97
4.1. Calcium (Ca) – 97
4.2. Magnesium (Mg) – 98
4.3. Sulfur (S) – 98
5. Micronutrients – 98
5.1. Boron (B) – 98
5.2. Zinc (Zn) – 99
6. Acid soil infertility and low pH – 99

MANEJO INTEGRADO DE PLANTAS INFESTANTES NA CULTURA DO ALGODOEIRO
Robert Deuber
1. Introdução – 101
2. Manejo preventivo – 104
3. Manejo manual – 105
4. Manejo mecanizado – 105
5. Manejo cultural – 106
5.1. Rotação de culturas – 107
5.2. Plantio direto – 108
6. Manejo químico – 109
6.1. Herbicida de pré-plantio – 109
6.2. Herbicidas de pré-plantio com incorporação – 109
6.3. Herbicidas para aplicação em pré-emergência – 110
6.4. Herbicidas para aplicação em pós-emergência – 110
7. Manejo combinado – 110
8. Literatura consultada – 116

MANEJO DE DOENÇAS NA CULTURA DO ALGODÃO
Edivaldo Cia & Milton Geraldo Fuzatto
1. Introdução – 121
2. Patógenos que ocorrem no Brasil – 122
3. Sintomatologia – 122
3.1. Murcha de Fusarium e de Verticillium – 123
3.2. Mancha angular – 123
3.3. Ramulose – 123
3.4. Tombamento – 124
3.5. Viroses – 124
3.6. Nematóides – 125
3.7. Outras manchas nas folhas – 125
3.8. Podridão das maçãs – 126
3.9. Mancha nas fibras – 126
3.10. Murchamento avermelhado – 126
4. Medidas complementares ou alternativas de controle – 129
4.1. Profilaxia – 129
4.2. Técnicas culturais – 129
4.3. Controle químico – 130
5. Literatura consultada – 131

MONITORAMENTO E CONTROLE DAS PRAGAS DO ALGODOEIRO
Walter Jorge dos Santos
1. Introdução – 133
2. Principais pragas do algodoeiro – 136
A. NO ESTABELECIMENTO DA CULTURA
2.1. Tripes – 136
2.2. Broca do ponteiro – 137
2.3. Broca-da-raiz – 139
2.4. Percevejos de raiz – 140
2.5. Pulgões – 142
2.6. Cigarrinha – 147
B. NO FLORESCIMENTO E NA FRUTIFICAÇÃO
2.7. Curuquerê – 148
2.8. Lagarta-das-maçãs – 151
2.9. Ácaros – 153
2.10. Percevejos – 155
2.11. Lagartas – 159
2.12. Bicudo do algodoeiro – 163
2.13. Mosca branca – 172
2.14. Vaquinha – 173
3. Planejamento e amostragem – 173
4. Literatura citada – 177

ALGODÃO DE ALTA TECNOLOGIA NO CERRADO
Eleusio Curvêlo Freire; Francisco José Correia de Farias; Paulo Hugo Aguiar
1. Introdução – 181
2. Características do modelo – 183
3. Características do sistema de produção de algodão no cerrado – 188
4. Problemas e soluções para a cotonicultura no cerrado – 190
5. Perspectivas da cultura do algodão no cerrado – 193
6. Considerações finais – 195
7. Literatura citada – 197

CONSTRUÇÃO DOS SISTEMAS DE CULTURA À BASE DE ALGODÃO, PRESERVADORES DO
MEIO AMBIENTE DO BRASIL CENTRAL - Dossiê em imagens
Lucien Séguy; Serge Bouzinac; Nelson Maeda; Edson Maeda; Wanderlei Katsumi Oishi; Alceu Massanori Ikeda; Milton Akio Ide
1. Introdução – 200
2. Situação geográfica do projeto de gestão dos solos – 202
3. As bases do diagnóstico agronômico inicial-1994 – 205
4. Objetivos da pesquisa-ação – 210
5. Fluxograma da pesquisa-ação – 212
6. Primeiro ano de intervenção da pesquisa 1994/95 - Resultados – 213
7. Segundo e terceiro anos de intervenção da pesquisa - 1995/97 – 221
7.1. Resultados da pesquisa nos sistemas de cultura – 221
7.2. Resultados das pesquisas temáticas de ajuste dos sistemas – 240
8. Níveis de aplicação das tecnologias e evolução da produtividade das culturas nas fazendas do grupo maeda no decorrer dos três anos de intervenção da pesquisa – 246
9. Recomendações para o desenvolvimento, com a finalidade de integrar gradativamente os sistemas em plantio direto – 249

AGRICULTURA DE PRECISÃO
Alexandre Ismael Elias & José Roberto O. Camargo
1. Introdução – 279
2. Literatura citada – 286

Editores: Edivaldo Cia, Eleusio Curvêlo Freire e Walter Jorge dos Santos
Ano: 1999
Número de Páginas: 286
Tamanho: 16 x 23 cm
Editora: Potafos
Acabamento: Brochura
CDD: 631.51
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

CACTOS E OUTRAS SUCULENTAS PARA DECORAÇÃO
R$80,00
MANUAL DO CRIADOR DE OVINOS
R$55,00
IMPLANTAÇÃO DE JARDINS E ÁREAS VERDES
R$54,00
MELHORAMENTO DE MILHO
R$95,00

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados