IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




SOLO, PLANTA E ATMOSFERA
R$140,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Agronomia
 
BIOMASSA PARA ENERGIA
 
BIOMASSA PARA ENERGIA     
De:   
 R$120,00
Por: R$110,00 
 
Economize:   R$10,00

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
Este livro trata de um dos temas de maior relevância neste princípio de século e de milênio, o uso energético dos biocombustíveis. Vive-se atualmente uma problemática marcada pelo binômio energia-meio ambiente. Por um lado, há uma crescente preocupação com o fim da era do petróleo barato, com o impacto de seus gases poluentes, que provocam o efeito estufa, e com um crescente consumo energético no mundo, aquecido ainda mais pela entrada no mercado de grandes players, como a China e a Índia. Por outro lado, as alternativas não são fáceis nem tampouco econômicas. Mas entre as possíveis opções para reduzir a emissão de gases de efeito estufa encontra-se a biomassa. Para o Brasil, isso se reveste de uma importância maior, dado que em praticamente todo o território nacional a biomassa pode ser produzida. Em seus mais de 20 capítulos e 30 autores, este livro se propõe a abordar as mais importantes tecnologias de uso energético de biomassa.

PREFÁCIO – 11
DISPONIBILIDADE, CARACTERIZAÇÃO, COLETA E PRÉ-TRATAMENTO DA BIOMASSA – 13

1 - BIOMASSA NO BRASIL E NO MUNDO – 15
1.1 Introdução – 15
1.2 Fontes da biomassa – 18
1.3 Biomassa no Brasil – 19
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 28

2 - CARACTERIZAÇÃO DA BIOMASSA – 31
2.1 Introdução – 31
2.2 Propriedades físico-geométricas – 31
2.3 Critérios de definição de tamanho – 39
2.4 Composição química elementar e imediata de combustíveis de biomassa – 47
2.5 Poder calorífico e características de fusão das cinzas – 51
2.6 O bagaço da cana-de-açúcar: estudo de caso – 55
2.7 Conclusões – 59
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 60

3 - COLHEITA E RECUPERAÇÃO DA BIOMASSA – 63
3.1 Colheita da cana-de-açúcar – 63
3.2 Colheita da madeira – 74
3.3 Consumo de madeira de reflorestamento no Brasil – 76
3.4 Balanço energético – 86
3.5 Resíduos florestais – 87
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 90

4 - FLORESTAS ENERGÉTICAS NO BRASIL – 93
4.1 Introdução – 93
4.2 Florestas energéticas - Conceito e história – 94
4.3 Principais espécies – 95
4.4 Aspectos técnicos – 99
4.5 Manejo visando à produção de biomassa energética – 101
4.6 Aspetos socioambientais – 102
4.7 Principais grupos e linhas de pesquisa na área de biomassa e energia – 105
4.8 Considerações finais – 108
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 109

5 - PRODUÇÃO DE ETANOL EM REGIÕES SEMI-ÁRIDAS – 113
5.1 Introdução – 113
5.2 Outras matérias-primas para a produção de etanol – 113
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 130

6 - BALANÇO DE MASSA E ENERGIA NOS PROCESSOS DE COMBUSTÃO – 133
6.1 Cálculo da quantidade teórica de ar necessária para a combustão – 133
6.2 Coeficiente de excesso de ar. Análise de gases e expressões para a determinação do excesso de ar – 136
6.3 Equações fundamentais da combustão – 138
6.4 Equações para o cálculo de x – 139
6.5 Verificação de erros nas medições – 141
6.6 Aspectos a serem considerados durante a análise de gases utilizando-se o Orsat – 144
6.7 Cálculo do volume dos produtos da combustão – 145
6.8 Determinação da entalpia dos produtos da combustão – 148
6.9 Exemplo de cálculo – 149
6.10 Comprovação dos resultados da análise dos gases – 150
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 153

7 - CLASSIFICAÇÃO E BALANÇO TÉRMICO DAS FORNALHAS PARA A COMBUSTÃO DE BIOMASSA – 155
7.1 Classificação das fornalhas para a combustão de biomassa – 155
7.2 Aspectos de combustão da biomassa em fornalhas industriais – 156
7.3 Características técnicas das fornalhas – 158
7.4 Descrição, características técnicas e parâmetros de projeto dos diferentes tipos de fornalhas a biomassa – 159
7.5 Eficiência e balanço térmico – 170
7.6 Cálculo das perdas de calor – 173
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 178

8 - CARACTERISTICAS CONSTRUTIVAS E AVALIAÇÃO DE CALDEIRAS PARA BIOMASSA – 179
8.1 Esquema funcional de uma caldeira de vapor a biomassa – 179
8.2 Caldeiras para bagaço: classificação e parâmetros de operação – 180
8.3 Características construtivas das superfícies de aquecimento e do sistema de alimentação e queima do bagaço – 189
8.4 Caldeiras e fornos para lenha e outros tipos de biomassa – 216
8.5 Metodologia e instrumentação para a avaliação de caldeiras – 224
8.6 Exemplo de resultados de avaliação de caldeiras industriais – 231
8.7 Conclusões – 238
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 239

9 - GASEIFICAÇÃO – 241
9.1 Introdução – 241
9.2 História – 243
9.3 Tipos de gaseificadores – 246
9.4 Fundamentos teóricos da gaseificação – 258
9.5 Instalações experimentais de gaseificadores em leito fixo convencionaL – 261
9.6 Gaseificadores de topo aberto para biomassa polidispersa – 269
9.7 Gaseificadores comerciais de leito fixo para biomassa – 273
9.8 Gaseificadores de leito fluidizado – 277
9.9 Algumas das principais pesquisas em gaseificação de biomassa em leito fluidizado no Brasil – 311
9.10 Metodologia de cálculo para o dimensionamento preliminar de gaseificadores de leito fluidizado para biomassa – 324
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 327

10 - PIRÓLlSE E TORREFAÇÃO DE BIOMASSA – 333
10.1 Processos físico-químicos da pirólise de biomassa – 333
10.2 Influência da matéria-prima e dos parâmetros do processo – 334
10.3 Tecnologias para a pirólise de biomassa – 337
10.4 Torrefação de biomassa – 345
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 351

11 - PIRÓLISE RÁPIDA DE MATERIAIS LIGNOCELULÓSICOS PARA A OBTENÇÃO DE BIOÓLEO – 353
11.1 Introdução – 353
11.2 O processo de pirólise de materiais lignocelulósicos – 357
11.3 Transformações químicas dos componentes da biomassa – 362
11.4 Fundamentos da pirólise dos materiais lignocelulósicos – 373
11.5 Fundamentos da piró1ise da celulose, hemicelulose e lignina – 377
11.6 Distribuição e características dos produtos de pirólise – 380
11.7 Conceituação da tecnologia de pirólise rápida para produção de bioóleo – 389
11.8 Reatores para a pirólise rápida de materiais lignocelulósicos – 392
11.9 Alguns projetos de pirólise rápida no mundo nos últimos 10 a 15 anos – 398
11.10 Aspectos econômicos da produção do bioóleo – 410
11.11 Mercados para o bioó1eo de pirólise rápida – 411
11.12 Tendências e desafios para a piró1ise rápida no mundo – 414
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 416

12 - LIQUEFAÇÃO DE BIOMASSAS – 419
12.1 Introdução – 419
12.2 Breve histórico – 420
12.3 Hidrogenólise com CO/base ou formiato – 421
12.4 Hidrogenação catalítica – 424
12.5 Solvólise e extração supercrítica – 425
12.6 Hidrólise – 426
12.7 Qualidade e refino dos óleos produzidos na liquefação de biomassas – 427
12.8 Separação dos constituintes da biomassa e liquefação da lignina – 429
12.9 Conclusões – 431
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 433

13 - FERMENTAÇÃO, HIDRÓLlSE E DESTILAÇÃO – 435
13.1 Introdução – 435
13.2 Matérias-primas e fermentação – 435
13.3 Destilação alcoólica – 450
13.4 Hidrólise de biomassa – 463
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 473

14 - A PRODUÇÃO DE ETANOL EM MICRO E MINIDESTILARIAS – 475
14.1 Introdução – 475
14.2 Justificativa – 476
14.3 Tecnologia – 477
14.4 Estudo de caso – 480
14.5 Análise emergética da Fazenda Jardim – 482
14.6 Considerações finais – 488
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 490

15 - BIODIGESTÃO DE EFLUENTES – 493
15.1 Introdução – 493
15.2 Caracterização dos resíduos – 494
15.3 O processo de biodigestão – 503
15.4 Aplicações dos produtos da biodigestão – 521
15.5 A experiência de biodigestão anaeróbia no Brasil – 526
15.6 Tendências – 528
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 529

16 - PRODUÇÃO DE ÓLEOS VEGETAIS E BIODIESEL: TECNOLOGIA E ANALISE DO CICLO DE VIDA – 531
16.1 Importância e histórico do uso de diesel no Brasil – 531
16.2 Biodiesel: conceito e processo de produção – 538
16.3 Possibilidades da integração entre a produção de álcool de cana e a de biodiesel – 543
16.4 O uso do biodiesel e suas vantagens ambientais – 545
16.5 Análise do Ciclo de Vida - Balanço energético – 549
16.6 Principais impactos sobre a atmosfera incluídos na ACV – 550
16.7 Estudo de caso na produção do biodiesel de óleo de palma (dendê) nas condições de Brasil e Colômbia – 561
16.8 Consumo energético na etapa agrícola – 564
16.9 Consumo energético na extração de óleo – 565
16.10 Consumo energético na produção do biodiesel – 566
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 569

17 - SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE ELETRICIDADE A PARTIR DA BIOMASSA – 573
17.1 Introdução – 573
17.2 Experiências e perspectivas em nível mundial – 575
17.3 Tecnologias de produção de eletricidade a partir da biomassa – 584
17.4 A produção de eletricidade a partir da biomassa no Brasil – 593
17.5 Comentários finais – 602
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 604

18 - OUTRAS TECNOLOGIAS PARA A GERAÇÃO DE ELETRICIDADE EM PEQUENA ESCALA A PARTIR DA BIOMASSA: MOTOR STIRLING, CÉLULAS A COMBUSTIVEL, MICROTURBI NAS – 609
18.1 Introdução – 609
18.2 Motores stirling – 610
18.3 Microturbinas – 619
18.4 Células a combustível – 623
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 632

19 - SUSTENTABILIDADE NA PRODUÇÃO DE BIOMASSA PARA FINS ENERGÉTICOS: O CASO DO ETANOL – 633
19.1 Introdução – 633
19.2 Benefícios ambientais locais: redução da poluição – 637
19.3 Herbicidas, pesticidas e fertilizantes – 638
19.4 Proteção do solo e de águas; reflorestamento – 640
19.5 Geração, qualidade de empregos e investimento – 640
19.6 Custos de produção, competitividade – 641
19.7 Conclusões – 642
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 643

20 - IMPACTO AMBIENTAL DO USO ENERGÉTICO DA BIOMASSA E TECNOLOGIAS PARA O CONTROLE DE EMISSÕES – 645
20.1 Introdução – 645
20.2 Emissões produto da queima da cana antes da colheita – 648
20.3 Emissões resultantes da queima industrial da lenha e do bagaço de cana – 648
20.4 Separadores ciclônicos – 654
20.5 Experiências de utilização de separadores ciclônicos em caldeiras a bagaço – 657
20.6 Lavadores de gás – 657
20.7 Experiências de utilização de lavadores de gás em caldeiras a bagaço – 659
20.8 Estudo de caso da aplicação de sistemas combinados multiciclone/lavador de gás e sistemas simples com lavadores de gás para o controle de material particulado em caldeiras a bagaço – 660
20.9 Estudo de caso da dispersão dos óxidos de nitrogênio emitidos durante a queima de bagaço de cana numa usina de açúcar – 667
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 671

21 - BIOMASSA E O MECANISMO DE DESENVOLVIMENTO LIMPO – 673
21.1 Introdução – 673
21.2 Histórico - Unfccc – 674
21.3 O que é mecanismo de desenvolvimento limpo – 676
21.4 MDL e biomassa – 683
21.5 Como MDL afeta o fazer biomassa – 685
21.6 Estudo de casos – 687
21.7 Comentários finais – 695
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 697

22 - ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS DO USO ENERGÉTICO DA BIOMASSA DE CANA-DE-AÇÚCAR – 699
22.1 Introdução – 699
22.2 O modelo básico de insumo-produto – 700
22.3 O modelo de insumo-produto com tecnologias mistas – 707
22.4 Base de dados – 712
22.5 Indicadores socioeconômicos – 716
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 729

23 - EPILOGO – 731

LISTA DE AUTORES – 733

Organizadores: Luís Augusto Barbosa Cortez, Electo Eduardo Silva Lora e Edgardo Olivares Gómez
Ano: 2008 (reimpressão 2009)
Número de Páginas: 734
Tamanho: 21 x 28 cm
Editora: Unicamp
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-268-0783-9
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

FISIOLOGIA da PRODUÇÃO de CANA-de-AÇÚCAR
R$115,00
INTRODUÇÃO À MECÂNICA DOS FLUIDOS
R$281,00
ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL: aplicada às ciências agrárias
R$130,00
MANUAL DE TERAPÊUTICA VETERINÁRIA: consulta rápida
R$107,35

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados