IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




FISIOLOGIA DAS PLANTAS
R$ 234,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Química
 
ANÁLISE QUÍMICA PARA AVALIAÇÃO DA FERTILIDADE DE SOLOS TROPICAIS
 
ANÁLISE QUÍMICA PARA AVALIAÇÃO DA FERTILIDADE DE SOLOS TROPICAIS     
  
Por: R$ 55,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
A análise de solo é a análise química mais usada na agricultura. Embora não se tenha estatísticas recentes, o último dado disponível indicava que mais de 700 mil amostras de solos foram analisadas em 1989, podendo-se presumir que esse número, anualmente no Brasil, já tenha atingido um milhão. Compare-se com valores de 3 a 4 milhões de amostras por ano nos Estados Unidos ou 300 mil amostras na pequena Holanda, para se ter a impressão de que podemos crescer muito mais. Afinal, é apenas uma amostra por ano para cerca de 60 hectares cultivados, sem contar as pastagens.

A análise de solo é feita para a avaliação da reação do solo e da disponibilidade de nutrientes para as plantas. Serve, assim, para a prescrição de corretivos e fertilizantes. O Brasil consome mais de 5 milhões de toneladas de nutrientes por ano dos chamados NPK, com o que o agricultor gasta o equivalente a 0,5% do PIB. Parece muito, mas ao observar que a China consome mais de 30 milhões de toneladas de nutrientes para 90 milhões de hectares cultivados, percebe-se uma diferença importante. O mundo todo consome 150 milhões de toneladas. O Brasil produz 80 milhões de toneladas de grãos, contra 500 milhões da China e 2 bilhões mundialmente. Há muito espaço para crescer, porém é preciso utilizar mais adubo, bem como as análises de solo, em número de amostras e diversidade de determinações, para melhor aplicação desse insumo.

Além dos aspectos quantitativos, de grande importância, surgiram, recentemente, outros fatos relevantes à análise de solo e adubação. A preocupação ambiental tem aumentado o interesse pela análise de solo, a fim de prevenir o excesso de nutrientes evadindo o solo e contaminando os recursos hídricos ou o acúmulo de metais pesados tóxicos. A agricultura de precisão, ao buscar as diferenças entre sítios e mapear a heterogeneidade, em contraste com a tradicional avaliação da fertilidade do solo de áreas homogêneas, introduz nova e fascinante alternativa de manejo da adubação. A busca da sanidade das culturas e da qualidade dos produtos também depende da nutrição adequada como um dos importantes fatores de otimização.

Este livro contém métodos de análise que vão além das necessidades agronômicas e avançam nos temas ambientais. Dessa forma, acreditamos que os protocolos aqui apresentados vão ao encontro de toda a complexa necessidade da agricultura de hoje, com métodos de qualidade para a avaliação adequada dos problemas de solos, para fins de correção de solo e adubação e monitoramento ambiental.

PREFÁCIO – v

INTRODUÇÃO – 1
Capítulo 1. Os métodos de análise química do Sistema IAC de Análise de Solo no contexto nacional – 5
Capítulo 2. Procedimentos básicos em um laboratório de análise – 40
Capítulo 3. Soluções-padrão e qualidade dos reagentes – 57
Capítulo 4. Equipamentos para o manuseio simultâneo de amostras – 69
Capítulo 5. Instrumentação básica e medidas analíticas – 78
Capítulo 6. Registro e preparo das amostras – 136
Capítulo 7. Controle de qualidade dos resultados – 142
Capítulo 8. Unidades de representação – 164
Capítulo 9. Determinação da matéria orgânica – 173
Capítulo 10. Determinação do pH em cloreto de cálcio e da acidez total – 181
Capítulo 11. Determinação de fósforo, cálcio, magnésio e potássio extraídos com resina trocadora de íons – 189
Capítulo 12. Determinação de alumínio, cálcio, magnésio, potássio e sódio trocáveis em extrato de cloreto de amônio – 200
Capítulo 13. Determinação de alumínio, cálcio e magnésio trocáveis em extrato de cloreto de potássio – 213
Capítulo 14. Determinação de sulfato em solos – 225
Capítulo 15. Determinação de boro em água quente, usando aquecimento com microonda – 231
Capítulo 16. Determinação de cobre, ferro, manganês, zinco, cádmio, cromo, níquel e chumbo em solo usando a solução DTPA em pH 7,3 – 240
Capítulo 17. Determinação de fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, cobre, ferro, manganês, zinco, níquel, cádmio, cromo e chumbo em ácido nítrico usando métodos da US-EPA – 251
Capítulo 18. Determinação de nitrogênio total em solo – 262
Capítulo 19. Determinação de nitrogênio inorgânico em solo pelo método de destilação a vapor – 270
Capítulo 20. Determinação da condutividade elétrica e de cátions solúveis em extratos aquosos de solos – 277

Autores: Bernardo van Raij, João Carlos de Andrade, Heitor Cantarella e José Antônio Quaggio
Ano: 2001
Número de Páginas: 285
Tamanho: 17,5 x 23 cm
Editora: IAC
Acabamento: Capa dura
ISBN: 85-85564-05-9
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

APICULTURA: manejo de alta produtividade
R$ 30,00
CURSO DE DIREITO AMBIENTAL BRASILEIRO
R$ 192,60
UVA: do plantio à colheita
R$ 94,00
MANUAL DE FITOPATOLOGIA Vol. 1: princípios e conceitos
R$ 290,00

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados