IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




AGRIANUAL 2018
R$ 897,75


  LIVROS TÉCNICOS >>> Agronomia
 
FISIOLOGIA E MANUSEIO PÓS-COLHEITA DE PIMENTÃO
 
FISIOLOGIA E MANUSEIO PÓS-COLHEITA DE PIMENTÃO     
  
Por: R$ 25,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
O correto manuseio durante e após a colheita é importante para garantir a qualidade sensorial, nutricional e microbiológica dos alimentos assim como para reduzir as perdas. As perdas pós-colheita impactam a sustentabilidade dos sistemas agroalimentares nas três dimensões: econômica, social e ambiental. Elas reduzem a disponibilidade e aumentam o preço dos alimentos comprometendo a segurança alimentar. Elas também têm um grande impacto sobre o meio ambiente seja pelo uso em vão de recursos naturais escassos para produzir alimentos que são descartados, seja pela geração de lixo que é enviado para lixões e aterros sanitários (HIGH LEVEL PANEL OF EXPERTS ON FOOD SECURITY AND NUTRITION, 2014).

O pimentão, como as demais hortaliças, é um alimento perecível cujas perdas podem ser consideráveis quando as necessidades de manuseio durante a após a colheita não são atendidas. Essas perdas podem ser quantitativas, quando se referem à fração do alimento que não é consumido, mas descartado, ou qualitativas, quando se referem ao decréscimo da qualidade sensorial, nutricional e/ou microbiológica do alimento ainda próprio para consumo.

A presente publicação é parte integrante de uma parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Embrapa Hortaliças com o objetivo de estabelecer as normas para a Produção Integrada do Pimentão. Ela se propõe a servir de literatura de apoio para a tomada de decisões quanto ao manuseio pós-colheita da cultura de acordo com os princípios da Produção Integrada.

A Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) está focada na adequação de sistemas produtivos para geração de alimentos e outros produtos agropecuários de alta qualidade e seguros. Os produtos agrícolas certificados pelo Mapa e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) como oriundos de produção integrada são produzidos de acordo com práticas sustentáveis de produção e consequentemente são mais saudáveis para o consumo, garantindo ainda menor impacto ambiental do que produtos convencionais e a valorização da mão de obra rural (BRASIL, 2015).

O presente texto foi dividido em duas sessões. Na primeira, são apresentados os principais processos metabólicos que levam à deterioração pós-colheita dessa hortaliça. Na segunda, são apresentadas as principais recomendações técnicas para o adequado manuseio do pimentão durante e após a colheita de modo a garantir a manutenção de sua qualidade entre a colheita e o consumo.

INTRODUÇÃO – 11

FISIOLOGIA PÓS-COLHEITA – 14
1. CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DO FRUTO NA PLANTA - OU COMO O FRUTO CHEGA AO PONTO DE COLHEITA – 14
1.1. Crescimento e desenvolvimento do fruto – 14
1.2. Ponto de colheita – 20
2. PROCESSOS PÓS-COLHEITA QUE LEVAM À DETERIORAÇÃO OU PORQUE O FRUTO ESTRAGA DEPOIS DE COLHIDO – 22
2.1. Transpiração - como ocorre e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 22
2.2. Respiração e produção de etileno - Como ocorre e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 23
2.3. Alterações da textura - como ocorre e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 24
2.4. Doenças pós-colheita - como ocorrem e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 25
2.5. Danos físicos - como ocorrem e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 26
2.6. Danos por calor e exposição ao sol - como ocorre e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 27
2.7. Injúria por frio - como ocorre e consequências sobre a qualidade e durabilidade – 30

TECNOLOGIA PÓS-COLHEITA - OU O QUE PODE SER FEITO PARA RETARDAR O PROCESSO DE DETERIORAÇÃO PÓS-COLHEITA – 34
1. ESTADO DA ARTE – 34
2. OPERAÇÕES – 36
2.1. Colheita – 36
2.2. Manutenção dos acessórios de colheita – 41
2.3. Transporte da lavoura para a casa de embalagem – 42
2.4. Beneficiamento – 42
2.4.1. Beneficiamento no campo durante a colheita x em casa de embalagem – 42
2.4.2. Operações – 43
2.4.2.1. Limpeza – 43
2.4.2.2. Seleção e classificação - operações e equipamentos – 46
2.4.2.3. Sistemas de classificação em vigor no Brasil – 47
2.4.2.4. Embalagem – 49
2.5. Modelos de casa de embalagem – 51
2.6. Pré-resfriamento e armazenamento em condição ambiente e refrigerado – 53
2.6.1. Armazenamento em condição ambiente – 53
2.6.2. Pré-resfriamento – 53
2.6.3. Refrigeração e umidade do ar – 54
2.7. Amadurecimento artificial – 55
2.8. Atmosfera controlada e modificada – 57
2.9. Transporte – 58
2.10. Exposição no varejo – 58
2.11. Armazenamento e consumo doméstico – 59

REFERÊNCIAS – 61

Autora: Milza Moreira Lana
Ano: 2017
Número de Páginas: 74
Tamanho: 17 x 24 cm
Editora: Embrapa
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-7035-662-8
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

MELHORAMENTO DA SOJA
R$ 132,00
MANUAL DE ADUBAÇÃO E CALAGEM PARA O ESTADO DO PARANÁ
R$ 110,00
COMPÊNDIO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS (LIVRO E CD-ROM)
R$ 439,00
PRODUTOS FLORESTAIS NÃO MADEIREIROS
R$ 45,00

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados