IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS: princípios e perspectivas
R$ 108,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Agronomia
 
GESTÃO DE SISTEMAS DE AGRONEGÓCIOS
 
GESTÃO DE SISTEMAS DE AGRONEGÓCIOS     
  
Por: R$ 92,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
Me confere um grande prazer escrever o prefácio para este excelente livro denominado Gestão de Sistemas de Agronegócios. Cada capítulo deste livro enfatiza o ponto de que os agentes envolvidos nos agronegócios, sejam empresas privadas, organizações públicas ou organizações sem finalidade de lucro, devem encarar a produção de alimentos, fibras e bioenergia, como um sistema que exige coordenação, que pode ser realizada de diferentes maneiras. Escolher o enfoque sistêmico significa considerar as necessidades dos consumidores e da sociedade. Este livro faz um excelente trabalho nesse sentido. Os melhores gestores no sistema percebem que o seu sucesso depende da construção de relações geradoras de valor para as partes envolvidas em oposição às relações de conflito.

Cada sistema agroindustrial (SAG) é único, devido a aspectos ligados aos ciclos biológicos que afetam a agrícola e a pecuária. O livro reconhece também a característica de utilidade pública do sistema de alimentos, fibras e bioenergia. A remuneração pelo esforço produtivo dos agricultores e o custo da alimentação são questões de fundo econômico e político. Este livro apresenta excelente contribuição indicando o papel de liderança exercido pelas cooperativas nos sistemas agrícolas globais. Agricultores em diferentes países podem identificar potencial para cooperação na busca de respostas para as demandas globais. O livro enfatiza a relevância dos sistemas de crédito, do comércio global, e finalmente reconhece a importância e os impactos que o sistema de produção de alimentos exerce sobre a saúde, a nutrição, o desenvolvimento econômico, a gestão da água, terra e demais recursos naturais. De modo particular reconhece que é um dos sistemas que exercem os maiores impactos sobre o meio ambiente.

Livro destinado a estudantes e profissionais interessados nos temas de gestão dos agronegócios. Leitura complementar para os cursos de Gestão dos Agronegócios, Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária, Engenharia Agrícola, Engenharia de Alimentos, Zootecnia, Administração Rural, Engenharia Florestal, Engenharia da Produção, Economia, Comércio Exterior, Turismo Rural, Nutrição e Saúde, entre outros que tratam do tema das relações entre a agricultura e a sociedade, bem como para os cursos de pós-graduação, MBAs e cursos de especialização em agronegócios.

O conteúdo do livro dá suporte para a elaboração de estratégias por parte de empresários e gestores públicos envolvidos com os negócios agroalimentares, atuando nos setores de insumos, serviços, agroindústrias, produtores rurais, cooperativas e indústrias de base agrícola.

Sobre os autores – xv
Prefácio – xix

1. Coordenação e governança de sistemas agroindustriais – 1
1.1. Introdução – 1
1.2. Economia das organizações – 3
1.3. Sistemas agroindustriais: conceito e abordagem – 7
1.4. Os sistemas agroindustriais: um modelo simplificado – 11
1.5. Coordenação e governança – 15
1.6. A título de conclusão – 19
Referências – 20

2. Os sistemas agroindustriais: análise aplicada da organização industrial – 23
2.1. Características dos mercados agroindustriais – 23
2.2. As teorias de organização industrial – 25
2.2.1. O modelo Estrutura-Conduta e Desempenho (ECD) – 26
2.2.2. Principais tipos de barreiras à entrada e à saída – 31
2.2.3. Poder de mercado – 32
2.3. Abordagens alternativas – 36
2.4. Formas de coordenação das cadeias produtivas: o papel dos custos de transação – 38
2.5. Cartéis: os impactos negativos sobre a eficiência do mercado – 39
2.6. Minicaso: o cartel da laranja – 40
2.7. Considerações finais – 41
Referências – 42

3. Metodologia para análise dos sistemas agroindustriais – 44
3.1. Introdução – 44
3.2. Metodologias para análise de sistemas agroindustriais – 46
3.2.1. Método PENSA – 46
3.2.1.1. Arcabouço analítico – 47
3.2.1.2. Método PENSA: desenvolvendo “passo a passo” – 49
3.2.2. Método GESIS (ChainPlan): planejamento e gestão de sistemas agroindustriais – 56
3.2.2.1. Iniciativa de líderes, governo, institutos de pesquisa e universidades em planejar o futuro de um sistema agroindustrial – 56
3.2.2.2. Descrição, mapeamento e quantificação de um sistema agroindustrial – 56
3.2.2.3. Criação de uma organização vertical no sistema agroindustrial – 58
3.2.2.4. Montagem do plano estratégico para o sistema agroindustrial – 59
3.2.2.5. Administração dos projetos priorizados – 63
3.2.3. Implicações gerenciais – 64
3.2.3.1. Limitações da pesquisa e do método GESIS – 66
Referências – 67

4. Contratos e coordenação – 71
4.1. Complexidade na gestão do agronegócio: alguns direcionadores para a adoção de contratos – 72
4.2. Contratos e coordenação: base teórica – 74
4.3. Contratos no agronegócio: base empírica – 77
Questões para debate – 86
Referências – 87

5. Contratos: conflitos e soluções – 93
5.1. Introdução – 93
5.2. Conceito e fundamento teórico – 93
5.3. Tipologia dos principais conflitos e mecanismos de solução de disputas – 95
5.3.1. Gado de corte bovino e alianças mercadológicas – 96
5.3.2. Tomates e a mudança do local da fábrica – 97
5.3.3. Laranja – 97
5.4. Soja e as decisões judiciais – 98
5.5. Mecanismos de solução de disputas: negociação, judiciário ou arbitragem? – 99
5.6. Principais consequências para os SAGS – 100
5.7. Estudo de caso: Caramuru – 101
5.8. Desafios estratégicos para o futuro – 103
Questões para debate – 103
Referências – 104

6. Relacionamentos interorganizacionais – 106
6.1. A empresa como uma rede de relacionamentos interorganizacionais – 106
6.2. Introdução: empresas montam redes de relacionamentos interorganizacionais – 106
6.3. Contribuições da economia dos custos de transação para o entendimento das relações interorganizacionais – 113
6.3.1. Definindo custos de transação em relacionamentos interorganizacionais – 115
6.3.2. Conceitos centrais à análise de custos de transação – 118
6.3.2.1. Ligados às dimensões das transações interorganizacionais – 118
6.3.2.2. Ligados aos pressupostos comportamentais nas transações interorganizacionais – 124
6.3.3. Reduzindo as possíveis atitudes oportunistas nos relacionamentos interorganizacionais – 127
6.3.4. Inserindo as instituições (“regras do jogo”) nos relacionamentos interorganizacionais – 128
6.4. Considerações sobre contratos – 129
6.5. Decisão sobre a forma de governança (relacionamentos interorganizacionais) nas networks – 134
Referências – 137

7. A escolha de formas plurais nas relações entre firmas – 151
7.1. Introdução – 151
7.2. Economia dos Custos de Transação (ECT) – 153
7.3. Monitoramento, controle e incentivos – 153
7.4. Recursos, capacidades e conhecimento – 156
7.5. Avanços recentes – 159
7.6. Limites e desafios estratégicos para o futuro – 160
Questões para debate – 161
Referências – 161

8. Sustentabilidade – 165
8.1. Introdução – 165
8.2. Conceitos fundamentais em economia e gestão ambiental – 167
8.2.1. Solução de mercado – 167
8.2.2. Comando e controle – 168
8.2.3. Taxação pelo Estado – 169
8.3. (In)sustentabilidade dos sistemas agroalimentares – 169
8.3.1. No Brasil – 170
8.4. Coordenação em cadeias de valor e stakeholders: elementos da transição para sistemas agroalimentares mais sustentáveis – 171
8.4.1. Coordenação em cadeias de valor – 172
8.4.2. Stakeholders – 175
8.5. FSC: contribuições e limites – 176
8.6. Limites ecológicos e desafios estratégicos – 177
8.7. Conclusão – 179
Questões para debate – 179
Referências – 180

9. Agribusiness cooperativo – 184
9.1. Introdução - o que é uma cooperativa? – 184
9.2. Referencial teórico - fundamentos da gestão – 188
9.3. Tendências de gestão - a eficiência da cooperativa – 193
9.3.1. Estratégias organizacionais – 194
9.3.2. As vantagens da organização cooperativa e o monitoramento – 196
9.3.3. A estratégia de abertura do capital – 197
9.4. A nova geração de cooperativas – 198
Questões para debate – 200
Referências – 200

10. Governança em organizações do agronegócio – 202
10.1. Introdução – 202
10.2. Referencial teórico – 203
10.2.1. A separação da propriedade e controle e os mecanismos de governança – 203
10.2.2. Os mecanismos de governança – 205
10.2.2.1. Mecanismos externos de alinhamento – 205
10.2.2.2. Mecanismos internos de alinhamento – 207
10.2.3. O ambiente do agronegócio: conceito, origem, delimitação – 211
10.3. A governança nas organizações do agronegócio: das corporações às propriedades rurais – 213
10.3.1. O avanço das agroindustriais processadoras na direção do mercado – 213
10.3.2. A governança nas cooperativas agropecuárias – 216
10.3.3. A governança nas propriedades rurais (fazendas) – 218
10.4. Considerações finais – 219
Referências – 221

11. Entendendo a tomada de decisão e o comportamento de compra do produtor rural – 223
11.1. O contexto das decisões de compra do produtor rural – 223
11.1.1. O produtor rural como gestor de um negócio chamado “fazenda” – 224
11.2. O perfil do produtor rural brasileiro – 228
11.3. Modelos de segmentação de mercado e comportamento de compra do produtor rural – 234
11.3.1. Modelo de segmentação baseado na adoção e difusão de tecnologia – 234
11.3.2. Modelo da situação de compra – 236
11.3.3. Modelo de segmentação genérica de produtores rurais – 237
11.4. Modelo de comportamento de compra do produtor rural – 238
11.4.1. Estrutura do centro de compras – 240
11.4.2. Processo de compra – 240
11.4.3. Relacionamento – 241
11.4.4. Características da tarefa de compra – 242
11.4.5. Características de produto – 242
11.4.6. Características da fazenda – 242
11.4.7. Características individuais – 243
11.4.8. Características do mercado – 244
11.4.9. Influência do ambiente geral – 244
11.5. Conclusões – 246
Referências – 250

12. Qualidade e o consumo em sistemas agroindustriais – 252
12.1. As mudanças institucionais e a evolução dos padrões de qualidade – 252
12.2. A visão sobre atributos versus a visão sobre produtos – 253
12.3. A coordenação dos sistemas agroindustriais e a garantia da qualidade – 254
12.4. A diferença entre segurança alimentar e segurança do alimento – 256
12.5. Racionalidade limitada e a decisão do consumo – 256
12.6. O problema da assimetria informacional – 257
12.7. O papel da marca e da comunicação na qualidade – 258
12.8. Questões de mercado – 259
12.9. Inovações e o futuro da qualidade agroalimentar – 260
12.10. Estudo de caso – 261
Questões para debate – 262
Referências – 262

13. Crédito rural no Brasil – 264
13.1. Introdução – 264
13.2. Aspectos institucionais do crédito – 265
13.2.1. Crédito como contrato – 265
13.2.2. Modalidades do crédito rural – 269
13.3. Minicase: Rabobank no Brasil – 276
Questões para debate – 278
Referências – 278

14. Corporação agrícola: uma análise do modelo de negócios no Brasil – 281
14.1. Tipos de empresa no agronegócio – 282
14.2. Desempenho e integração vertical das empresas no agronegócio – 284
14.3. Os componentes do modelo de negócios da corporação agrícola – 289
14.4. O modelo de negócios das principais corporações agrícolas no Brasil – 291
Referências – 295

15. O futuro do agro – 297
15.1. Cooperação horizontal e novas lideranças – 297
15.2. A nova era da agricultura – 299
15.3. Três elementos para ponderar – 301

Organizadores: Decio Zylbersztajn, Marcos Fava Neves e Silvia M. de Queiroz Caleman
Ano: 2015
Número de Páginas: 328
Tamanho: 17 x 24 cm
Editora: Atlas
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-2249-914-4
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

GUIA DE HERBICIDAS
R$ 90,00
REQUISITOS DE QUALIDADE DOS FERTILIZANTES MINERAIS
R$ 160,00
PEDOLOGIA: SOLOS DOS BIOMAS BRASILEIROS
R$ 151,00
MANUAL DE ROTINAS TRABALHISTAS: problemas práticos na atuação diária
R$ 169,90

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados