IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




ANATOMIA CLÍNICA DE PEQUENOS ANIMAIS
R$ 279,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Irrigação - Hidráulica
 
IRRIGAÇÃO DO FEIJOEIRO
 
IRRIGAÇÃO DO FEIJOEIRO     
  
Por: R$ 0,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
Na cultura do feijoeiro irrigado são empregados altos níveis de tecnologia, utilizando-se, além da irrigação, feita principalmente por aspersão via pivô central, outros insumos como semente de boa qualidade, adubos e defensivos. O rendimento da cultura depende da qualidade e quantidade desses insumos e das práticas culturais usadas. Neste contexto, destaca-se o manejo correto da irrigação, pois além dela afetar diretamente a performance da cultura, interage com os demais fatores da produção.

O alto custo da energia, a possibilidade de se pagar pela água de irrigação e a redução da produtividade das lavouras de feijão, causada pela ocorrência de doenças e mau manejo do solo, entre outros fatores, e agravada pelo manejo inadequado da irrigação, têm alertado os produtores para a importância de controlar corretamente a irrigação.

Este livro reúne informações sobre o requerimento de água pela cultura do feijoeiro e as maneiras de medi-lo, sobre os métodos de irrigação e medidas da sua eficiência, sobre o manejo da irrigação e sobre a interação da irrigação com as práticas de manejo da cultura. É direcionado para estudantes, agentes de assistência técnica e produtores que desejem conhecer um pouco mais sobre a irrigação do feijoeiro para melhor manejá-la.

CAPÍTULO 1 - REQUERIMENTO DE ÁGUA
1.1. PERÍODOS CRÍTICOS – 9
1.1.1. Ao Déficit Hídrico – 9
1.1.2. Ao Excesso Hídrico – 13
1.2. CONSUMO DE ÁGUA – 15
1.3. DETERMINAÇÃO DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO – 19
1.3.1. Conceitos Básicos – 21
1.3.2. Fatores que Influenciam a Evapotranspiração – 22
1.3.2.1. Evapotranspiração Potencial – 22
1.3.2.2. Evapotranspiração Atual – 24
1.3.3. Métodos de Determinação – 29
1.3.3.1. Métodos Diretos – 29
1.3.3.1.1. Balanço hídrico de campo – 29
1.3.3.1.2. Lisímetros – 31
1.3.3.1.3. Balanço de energia – 34
1.3.3.2. Métodos Indiretos – 37
1.3.3.2.1. Evaporímetros – 37
1.3.3.2.2. Fórmulas – 41
1.3.4. Coeficiente de Cultura – 65
1.4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 71

CAPÍTULO 2 - MÉTODOS DE IRRIGAÇÃO E UNIFORMIDADE DE APLICAÇÃO DE ÁGUA
2.1. MÉTODOS DE IRRIGAÇÃO – 79
2.1.1. Irrigação por Aspersão – 79
2.1.2. Irrigação por Sulcos – 92
2.1.3. Subirrigação – 96
2.2. UNIFORMIDADE DE APLICAÇÃO DE ÁGUA – 106
2.2.1. No Sistema Convencional de Aspersão – 106
2.2.2. No Sistema Autopropelido – 115
2.2.3. No Sistema Pivô Central – 117
2.3. EFICIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE ÁGUA – 128
2.4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 135

CAPÍTULO 3 - MANEJO DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO
3.1. INTRODUÇÃO – 139
3.2. QUANDO IRRIGAR – 141
3.2.1. Método do Tensiômetro – 141
3.2.1.1. Constituição do Aparelho – 141
3.2.1.2. Princípio de Funcionamento – 143
3.2.1.3. Interpretação das Leituras – 143
3.2.1.4. Teste do Tensiômetro – 145
3.2.1.5. Instalação no Campo – 146
3.2.1.6. Posição Junto às Plantas e Profundidades de Instalação – 148
3.2.1.7. Número de Baterias e Locais de Instalação – 149
3.2.1.8. Operação e Manutenção – 153
3.2.1.9. Valor da Leitura para Irrigação – 156
3.2.1.10. Defeitos, Falhas de Funcionamento e Medidas de Correção – 158
3.2.2. Método do Turno de Rega – 159
3.2.3. Método do Tanque Classe A – 160
3.2.4. Métodos Fisiológicos – 161
3.3. QUANTO IRRIGAR – 162
3.3.1. Método da Curva de Retenção – 162
3.3.1.1. Caracterização – 162
3.3.1.2. Cálculo da Lâmina de Irrigação – 163
3.3.1.3. Coleta do Solo para Determinação da Curva de Retenção – 164
3.3.2. Método da Evapotranspiração da Cultura – 168
3.4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 168

CAPÍTULO 4 - IRRIGAÇÃO E PRÁTICAS CULTURAIS
4.1. INTRODUÇÃO – 171
4.2. PLANTIO DIRETO – 171
4.3. CULTIVARES – 173
4.4. POPULAÇÃO DE PLANTAS – 175
4.5. ÉPOCA DE PLANTIO – 177
4.6. ADUBAÇÃO – 178
4.7. FIXAÇÃO BIOLÓGICA DE NITROGÊNIO – 184
4.8. QUIMIGAÇÃO – 186
4.9. HERBICIDAS – 188
4.9.1. Características Físico-químicas dos Herbicidas – 188
4.9.2. Manejo da Irrigação e a Aplicação de Herbicidas – 190
4.9.3. Persistência de Herbicidas no Solo – 194
4.10. PRAGAS – 200
4.11. DOENÇAS – 204
4.11.1. Doenças da Parte Aérea – 205
4.11.1.1. Efeito da Irrigação na Foliosfera do Feijoeiro – 205
4.11.1.2. Efeito da Irrigação na Planta – 207
4.11.1.3. Efeito da Irrigação no Patógeno – 208
4.11.2. Doenças Causadas por Patógenos Habitantes do Solo – 210
4.11.2.1. Efeito da Irrigação no Solo – 210
4.11.2.2. Efeito da Irrigação nos Patógenos e na Microflora do Solo – 214
4.11.3. Efeito da Irrigação na Atração e Multiplicação de Insetos Vetores e Outros Hospedeiros – 215
4.11.4. Manejo da Irrigação para o Controle das Doenças do Feijoeiro – 216
4.12. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS – 218

Editores: Pedro Marques da Silveira e Luís Fernando Stone
Ano: 2001
Número de Páginas: 230
Tamanho: 16 x 21 cm
Editora: Embrapa
Acabamento: Brochura
ISBN: 85-7437-010-X
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

ARBORIZAÇÃO URBANA: guia para identificação, manejo e avaliação do risco de queda
R$ 40,00
CLOROTALONIL
R$ 60,00
GUIA DE HERBICIDAS
R$ 90,00
ECOLOGIA - (Hacker)
R$ 287,50

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados