IMPORTADOS
· Diversos
LIVROS TÉCNICOS
· Administração
· Agronomia
· Biologia - Ecologia
· Direito
· Diversos
· Engenharia Ambiental
· Engenharia Civil
· Engenharia de Alimentos
· Engenharia Florestal
· Entomologia
· Estatística
· Fisiologia Vegetal
· Fitopatologia
· Geologia
· Geoprocessamento
· Irrigação - Hidráulica
· Medicina Veterinária
· Nutrição
· Química
· Técnicas de Pesquisa - Estudos
· Zootecnia
 




MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO DE MACROINVERTEBRADOS AQUÁTICOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
R$ 81,00


  LIVROS TÉCNICOS >>> Zootecnia
 
PRODUÇÃO DE ORGANISMOS AQUÁTICOS
 
PRODUÇÃO DE ORGANISMOS AQUÁTICOS     
  
Por: R$ 58,00 
 
 

   
   
   

Clique na imagem para ampliá-la
Descrição
A Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (SEAP), atual Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), publicou o Plano "Mais Pesca e Aquicultura" (2008), no qual apresenta a situação atual em 2008 e uma projeção para 2011.

Os postos de trabalho evoluiriam de 3,5 para 5 milhões; o consumo de pescado de 7 para 9 kg/hab/ano; a produção da pesca de 770.000 para 860.000 toneladas (crescimento de 11,7%); a produção da aquicultura de 280.000 para 570.000 toneladas (crescimento de 103,6%) e a produção total de pescado (anual) de 1.050.000 para 1.430.000 toneladas (crescimento de 36,2%). Segundo esses dados, a aquicultura passará de 26,7% (2008) a 39,9% (2011) da produção total de pescado do Brasil.

Para atingir as metas propostas, o orçamento estimado no período de 2008-2011 é de R$ 1,75 bilhão nas seguintes áreas: Infraestrutura aqulcola e pesqueira; modernização da frota pesqueira (equallzação de juros); assistência técnica, capacitação, cooperativismo e associativismo; pesquisa e estudos técnicos; subvenção econômica ao preço do óleo dlesel; ordenamento, monitoramento e estatística pesqueira; promoção comercial e divulgação do setor e estudos de demarcação de parques aqulcolas em águas da União.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou em novembro de 2010 que a população Brasileira chegou aos 190,7 milhões, representando um grande potencial de mercado, pois o consumo atual de pescado do país está longe dos aproximadamente 17 kg/hab/ano consumidos pela população mundial.

Dividido em vários capítulos que abordam importantes temas relacionados com a aquicultura mundial e brasileira, esperamos com o presente livro contribuir para o desenvolvimento sustentável da aquicultura, devido à sua importância na segurança alimentar e na geração de empregos diretos e indiretos no Brasil.

CAPÍTULO 1 - A AQUICULTURA NO MUNDO
1. Produção geral da pesca e aquicultura mundial – 13
1.1 Sem a participação de plantas aquáticas – 13
1.2 Com a participação de plantas aquáticas – 18
2. Produção aquícola mundial nos diferentes ambientes aquáticos – 22
3. Produção aquícola mundial por agrupamento regional – 27
4. Produção aquícola mundial por grupos cultivados – 28
4.1 Peixes – 31
4.2 Moluscos – 34
4.3 Crustáceos – 37
4.4 Plantas aquáticas – 41
4.5 Anfíbios e répteis – 45
4.6 Invertebrados aquáticos – 47
5. Produção aquícola mundial por espécies cultivadas – 48
5.1 Sem a participação de plantas aquáticas – 48
5.2 Com a participação de plantas aquáticas – 51
5.3 Produção Individual – 54
5.3.1 Peixes – 54
5.3.2 Moluscos – 55
5.3.3 Crustáceos – 55
5.3.4 Plantas aquáticas – 56
5.3.5 Anfíbios e répteis – 57
5.3.6 Invertebrados aquáticos – 58
6. Ranking dos quarenta principais países produtores da aquicultura mundial e receitas – 58
7. Consumo per capita no mundo – 61
8. A aquicultura em cada continente – 63
8.1 Produção total da aquicultura por continentes – 63
8.2 Ásia – 66
8.3 Europa – 70
8.4 Américas – 75
8.4.1 América do Sul – 75
8.4.2 Américas do Norte e Central – 79
8.4.3 Caribe – 83
8.5 África – 87
8.6 Oceania – 91

CAPÍTULO 2 – O BRASIL NA PRODUÇÃO AQUÍCOLA MUNDIAL
1. Produção geral da pesca e aquicultura no Brasil – 97
2. Produção aquícola brasileira nos diferentes ambientes aquáticos – 102
3. Produção aquícola brasileira por grupos cultivados – 105
3.1 Peixes – 108
3.2 Crustáceos – 110
3.3 Moluscos – 113
3.4 Anfíbios e répteis – 115
4. Produção da aquicultura brasileira por espécies cultivadas – 118
4.1 Produção conjunta – 118
4.2 Produção individual – 124
4.2.1 Peixes – 124
4.2.2 Crustáceos – 127
4.2.3 Moluscos – 128
4.2.4 Anfíbios e répteis – 130
5. Produção aquícola brasileira por região – 132
5.1 Produção total e receitas – 132
5.2 Produção das regiões nos diferentes ambientes aquáticos – 134
5.3 Ranking nacional dos Estados brasileiros na aquicultura – 136

CAPÍTULO 3 - AS PRINCIPAIS ESPÉCIES PRODUZIDAS NO BRASIL
1. Principais espécies da aquicultura brasileira – 143
1.1 Peixes nativos – 144
1.1.1 Apaiari (Astronotus ocellatus) – 144
1.1.2 Curimatã, Curimatã-pacu, Curimatá, Curimbatá e Curimbas (Prochilodus spp.) – 146
1.1.3 Matrinxã (Brycon amazonicus) – 150
1.1.4 Pirarucu (Arapaima gigas) – 153
1.1.5 Tambaqui (Colossoma macropomum) – 156
1.1.6 Cachara (Pseudoplatystoma fasciatum) – 160
1.1.7 Pacu (Piaractus mesopotamicus) – 162
1.1.8 Piracanjuba (Brycon orbignyanus) – 166
1.1.9 Tambacu – 169
1.1.10 Pintado (Pseudoplatystoma corruscans) – 172
1.1.11 Piau, Piauçu, Piapara e Piava (Leporinus spp.) – 175
1.2 Peixes exóticos – 179
1.2.1 Tilápia (Oreochromis niloticus) – 179
1.2.2 Carpa comum (Cyprinus carpio) – 183
1.2.3 Bagre africano (Clarias gariepinus) – 186
1.2.4 Bagre-de-canal (Ictalurus punctatus) – 189
1.2.5 Truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss) – 191
1.3 Crustáceos – 195
1.3.1 Camarão cinza (Litopenaeus vannamei) – 195
1.3.2 Camarão gigante do rio (Macrobrachium rosenbergii) – 199
1.3.3 Camarão canela (Macrobrachium amazonicum) – 201
1.4 Anfíbios – 203
1.4.1 Rã-touro {Rana catesbeiana) – 203

CAPÍTULO 4 - A SITUAÇÃO DAS INDÚSTRIAS E DA PRODUÇÃO DE RAÇÕES PARA ORGANISMOS AQUÁTICOS NO BRASIL
1. Histórico – 207
2. Indústria da alimentação animal no Brasil – 210
3. Produção atual de rações para organismos aquáticos – 213

CAPÍTULO 5 - SITUAÇÃO DA PESQUISA EM AQUICULTURA NO BRASIL
1. Áreas, grupos e linhas de pesquisa – 217
2. Formação de recursos humanos – 219
3. Bolsas de pesquisa – 226
4. Produção científica – 226
5. Grupos e eventos científicos – 227

CAPÍTULO 6 - DIFICULDADES E PRIORIDADES DA AQUICULTURA NO BRASIL
1. Situação atual – 229
2. Dificuldades – 233
3. Prioridades – 237

CAPÍTULO 7 - VISÃO DA AQUICULTURA NO BRASIL
1. Potencialidade aquícola – 243
2. Principais espécies produzidas – 244
3. Espécies potenciais – 245
Considerações finais – 247

CAPÍTULO 8 - PERSPECTIVAS DA AQUICULTURA NO BRASIL – 249
REFERÊNCIAS – 255
ANEXOS – 291

Autores: Nelson Mauricio Lopera Barreto, Ricardo Pereira Ribeiro, Jayme Aparecido Povh, Lauro Daniel Vargas Mendes e Angela Rocio Povera Parra
Ano: 2011
Número de Páginas: 317
Tamanho: 16 x 23 cm
Editora: Agrolivros
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-98934-07-5
Prazo de entrega
Prazo de entrega: Sedex de 03 a 05 dias úteis e PAC de 05 a 15 dias úteis
Indique este produto
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome (para):
E-mail(para):
Comentários:
 
Voltar
vazio

FUNDAMENTOS DE OCEANOGRAFIA - (Pinet)
R$ 146,90
EMPREENDEDORISMO ESTRATÉGICO: criação e gestão de pequenas empresas
R$ 75,90
FUNDAMENTOS DE GENÉTICA
R$ 353,40
ANÁLISE DE SOLO, FOLHAS E ADUBAÇÃO DE FRUTÍFERAS
R$ 50,00

Ver Todas as Novidades
——————————————————————————————

CNPJ: 96.631.353/0001-69 - Email: pldlivros@uol.com.br - Fone/Fax (19) 3421 7436 - Fone: 3423 3961 - Piracicaba/SP

Formas de Pagamento
—————————————————————————————
Política de Privacidade. ©2008, Revendas de Livros Técnicos. Todos os direitos reservados